OPINIÃO
18/08/2015 15:15 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

A Xuxa (sincera) é a Xuxa que queremos!

Xuxa não apresentou um programa, ela brincou. Brincou com a Cláudia, que na verdade se chama Érica e pediu desculpas por ter mandado a pobre garotinha sentar. Brincou com seu chefe e com o Silvio Santos, brincou com a antiga emissora que exibia no mesmo horário o filme 'Duro de Matar'. Brincou com si mesma.

Depois de quase dois anos fora do ar, desde janeiro de 2014, Maria das Graças Meneghel voltou a dar as caras invadindo a casa dos brasileiros. E quando eu digo que invadiu a casa, ela realmente bateu à porta. Em seu quadro Toc Toc, a eterna Rainha visitou a casa de duas pessoas que comentaram em suas redes sociais. Assim mesmo, aleatoriamente dois fãs receberam a loira em sua casa. Não sei vocês, mas se tocam meu interfone falando que é a Xuxa, eu falo que sou o Praga e nem abro a porta.

Xuxa está em sua melhor fase, tanto pessoal quanto profissional. Madura nos estúdios e estabilizada no coração, ela parece ter realmente encontrado seu bem estar. Com Junno e Sasha na primeira fila da plateia, a apresentadora brincou com a família e ainda fez piadas com a timidez da filha e o assanhamento do namorado. Uma liberdade que não encontrava nem eu seus melhores dias sob supervisão de Marlene Mattos.

Podemos estar prestes a criar um monstro, mas a Xuxa ao vivo é algo que todos deviam conhecer. Em alguns vídeos na internet é fácil encontrar momentos que não foram ao ar, onde ela brincava e ironizava com a produção e a direção do Planeta Xuxa e até mesmo do Xuxa Park. É esta espontaneidade que esperamos nas noites de segunda, as brincadeiras e os melhores gifs que podem gerar nas redes sociais.

Quanto ao programa, Xuxa não escondeu que estão inspirando no formato já fidelizado por Ellen Degeneres, que há 12 anos está no ar. E como fã da comediante norte americana, posso afirmar que a equipe de roteiristas não deixou a desejar em nenhuma produção. Conseguiram captar em texto o humor e a ideia do formato original, cada esquete, cada montagem, parecido sob encomenda.

Xuxa não apresentou um programa, ela brincou. Brincou com a Cláudia, que na verdade se chama Érica e pediu desculpas por ter mandado a pobre garotinha sentar. Brincou com seu chefe e com o Silvio Santos, brincou com a antiga emissora que exibia no mesmo horário o filme Duro de Matar. Brincou com si mesma.

Xuxa finalmente se desprende do seu público infantil e hoje é a vez dela se divertir. Sem a pressão de se desgastar como um ícone para as crianças, mas com as responsabilidade de se tornar uma referência aos adultos.

PS: Vamos deixar de lado as pequenas falhas técnicas, os quadros longos e a necessidade de promover a novela da Record, o que deixou a desejar em conteúdo e entretenimento. Com o tempo isso melhora!

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: