OPINIÃO
20/03/2014 17:26 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:12 -02

Antes de você encoxar a próxima mulher, pense na sua mãe, seu babaca!

Você não é mais macho, mais viril, mais dono da situação ao subjugar uma mulher. Encoxar é uma violência que fere o respeito e até a humanidade. Você é mais bicho, mais bruto, mais irracional por fazer isso.

Ô, escroto!

Estou falando com você, que costuma encoxar mulheres no metrô lotado.

Ou que fica tirando foto das pernas e da bunda delas.

Que chega a fazer acrobacias para clicar debaixo da saia delas.

E que depois compartilha no Face, no Whats, e se diverte com outros babacas como você.

Todos se divertindo à custa de imagens e vídeos de mulheres que não autorizaram ter uma parte do corpo gravada, invadida, distribuída.

Pergunto: a sua mãe usa o metrô?

Ou a sua irmã? Avó? Madrinha? Tia?

Alguma mulher que você respeite no mundo usa o transporte público?

Então, vê se pense em uma delas antes da sua próxima investida no vagão apertado.

Você gostaria que passassem a mão ou esfregassem a piroca na sua mãe?

Dentro ou fora da calça, isso é uma prática criminosa.

Sem consenso, tocar no corpo de uma outra mulher é, no mínimo, contravenção penal.

Você pode ser detido por importunação ofensiva ao pudor.

Se você obrigá-la a ter uma relação com você, como tentou o universitário flagrado nesta semana em um trem da CPTM de São Paulo, a coisa fica ainda mais séria.

De acordo com a Lei 12.015, de 2009, a pena por estupro é de 6 a 10 anos de cadeia.

'Eu estava muito apertado e não aguentei', justificou Adilton dos Santos, preso em flagrante.

Isso não é justificativa!

Nem para Adilton, nem para o engenheiro que apalpou uma passageira, nem para qualquer encoxador.

Antes dos nossos impulsos, deve vir a nossa consciência.

Não é porque você tem desejo que ele será retribuído.

Não é porque você gostou que pode encostar.

Querer não é poder, se esse querer significa violar, violentar o direito de uma mulher.

Ao encoxar, você pode até sentir prazer, mas será 'premiado' com o nojo permanente das mulheres.

E com a indignação e a repulsa de todos à sua volta.

Você não é mais macho, mais viril, mais dono da situação ao subjugá-las.

Encoxar é uma violência que fere o respeito e até a humanidade.

Você é mais bicho, mais bruto, mais irracional por fazer isso.

Entendeu?

Está na hora de virar homem!

LEIA MAIS

- O homem e o direito de oprimir

- 'Encoxadores de plantão': grupo no Facebook incentiva abusos sexuais

- Infográfico: Ser mulher é...

DENUNCIE

Se você foi vítima de um abuso sexual, 'encoxada' ou estupro, denuncie mesmo! Enfrentar os encoxadores é o primeiro passo para combatê-los e quiçá acabar com essa conduta criminosa.

Você pode ir pessoalmente à Delegacia da Mulher mais próxima de você. Na capital paulista, os endereços podem ser encontrados no site Cidadão SP.

Para quem sofreu com os encoxadores do transporte coletivo de SP, é possível usar o SMS Denúncia do Metrô - que é o (11) 97333-2252 - e o da CPTM - (11) 97150-4949.