OPINIÃO
13/06/2014 12:26 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Guia de sobrevivência profissional da Copa do Mundo

A Copa do Mundo começou e com certeza vai afetar nossa vida de um jeito diferente. Separei algumas dicas para você tirar tudo de letra.

Divulgação

A Copa do Mundo começou e, como o evento esportivo acontece em nosso país, com certeza vai afetar nossa vida de um jeito diferente. No que diz respeito à nossa vida profissional, as questões são: problemas no trânsito, folgas de bancos, discussões sobre a Copa, viagens de trabalho.

Esses podem ser apenas alguns dos seus problemas nos próximos dias. Separei algumas dicas direto do Jogo de Damas para você tirar tudo de letra.

Trânsito e deslocamento

Em dias de jogos da seleção brasileira ou em jogos na sua cidade (caso você more numa das cidades-sede), é provável que você enfrente problemas para chegar e sair do seu trabalho. Muitas empresas estão adotando horários diferenciados nesses dias, mas isso não impede que o tráfego se concentre em determinados períodos do dia.

Planeje sua rota com antecedência e verifique possibilidades de estacionamento. Caso você more ou trabalhe perto dos estádios ou de locais de possíveis manifestações, o táxi é uma excelente opção. Ah! E lembre-se que MUITA gente vai usar táxi nesses dias (os turistas também!) então baixe aplicativos para chamar táxi no seu celular para garantir que vai chegar a tempo.

Pensando em toda a questão de trânsito, é sempre bom lembrar de levar uma sapatilha ou sapato sem salto, né? Vai que você precise andar algumas quadras para sair de uma zona conturbada?

Aeroportos e viagens de negócios

Muitas empresas estão diminuindo o volume de atividades como um todo no período da Copa e, então, é provável que tenhamos um número menor de viagens de negócios. Isso não quer dizer que vai estar tudo mais tranquilo. Prepare-se com antecedência - reserve hotel o quanto antes. A gente nunca sabe como estará a lotação da cidade nesses dias, né?

Uma ideia legal é planejar viagens em horários não convencionais, do tipo tarde da noite ou bem cedo. Isso faz com que a gente enfrente menos trânsito no traslado. Dentro do possível, tente chegar sempre antes. Pode ser que você enfrente atrasos nos voos ou trânsito exagerado - não custa nada estar prevenida. Lembre-se que no sul os aeroportos fecham para pousos e decolagens em função da neblina - isso pode agravar a situação.

Folgas, feriados e horários

Em algumas cidades-sede (São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Fortaleza) teremos feriados durante a Copa. Nas outras, o serviço público funcionará meio expediente ou com horário reduzido. ATENÇÃO: Isso vale para bancos, cartórios e correios também! Caso você tenha sua própria empresa e precise executar tarefas bancárias, ir ao cartório ou enviar documentos e/ou mercadorias via correios, é importante estar ciente dos horários para não perder prazos importantes.

Também é bom lembrar que nas outras cidades não é feriado, então você pode ter clientes ou fornecedores que estarão com o expediente funcionando normal e pode ser necessário ajustar com eles.

Caso você não atue no serviço público, pode ser que precise trabalhar normalmente durante a Copa. Apenas lembre-se de ser cuidadosa ao expressar seu descontentamento, afinal é apenas um evento esportivo. Muitas empresas já estão sofrendo consequências negativas com a Copa e a última coisa que gestores precisam é ter que lidar com funcionários que acham que têm o direito a folga por causa de futebol.

Ah! E se você sair para comemorar algum resultado, lembre-se que no dia seguinte de jogo pode ser dia de trabalho; chefe nenhum vai gostar de ter que lidar com funcionários de ressaca - e com razão, né?

Opiniões/discussões sobre a Copa

Tem gente que gosta, gente que odeia, tem gente que politizou (e partidarizou) a Copa. Cada um tem direito de ter (e expressar) a própria opinião. Profissionalmente, entretanto, é importante cuidar da maneira como você comunica essa opinião. De repente você trabalha para o governo, ou para uma das empresas que patrocinam a Copa e pode pegar mal "falar mal", né? Ainda mais se você não souber argumentar sobre seus motivos. O contrário é verdadeiro também: dizer que a Copa está sendo ótima e trazendo benefícios mil pode te colocar numa saia justa se você está falando com alguém que atua num dos setores econômicos que foram prejudicados.

Copa é praticamente um tabu. Assim como futebol. Assim como religião. O importante é saber como se expressar para passar sua mensagem e estar consciente das consequências.

Oportunidades

Claro, a Copa também traz oportunidades legais! Algumas empresas estão promovendo ações de relacionamento com seus clientes e funcionários e pode ser um momento bastante propício para networking. Caso você queira trabalhar no exterior ou com empresas internacionais, a Copa é um evento interessante para esse tipo de contato, pois reúne profissionais do mundo inteiro e no geral, profissionais de sucesso (ou você acha que é fácil e barato ir para outro país acompanhar um evento assim?). Só fique atenta às diferenças culturais e de etiqueta!

Quem está buscando uma oportunidade dentro da empresa pode aproveitar para se destacar, se dedicando e aumentando a produtividade num período em que a tendência é que as coisas sejam mais "relax".

E se você têm uma empresa pode ficar de olho no que rola para desenvolver promoções, campanhas e se destacar! Seja criativa - tem muita coisa interessante que pode ser feita!

Ah! Por último mas não menos importante: se divirta! Se você curte futebol, aproveite e torça para sua seleção favorita. Se não curte, aproveite os dias mais calmos (caso seja seu caso) para fazer algo diferente.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.