OPINIÃO
26/02/2016 18:29 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

'O menino e o mundo' é o filme indicado ao Oscar que todo mundo deveria assistir

Apesar de ser uma grande festa da firma da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, pautada no puro marketing e, com muito preconceito envolvido, para algumas coisas o Oscar serve. Em 2016, teve a façanha de levar esta bela produção para mais gente. De todos os indicados ao Oscar, é esse que todos deveriam assistir. Crianças, jovens e adultos, cinéfilos ou não.

Todo começo de ano é aguardado para quem curte cinema. É tempo de ver os indicados ao Oscar, que estreiam entre janeiro e fevereiro. Em 2016, temos os aguardados O Regresso, O Quarto de Jack, A Menina Dinamarquesa, Spotlight, Carol, Trumbo, Os 8 Odiados, entre outros. A nós, reles mortais não concorrentes em nenhuma estatueta, este é um dos motivos para acompanharmos essa premiação.

Este ano, quando a Academia anunciou os indicados, uma grande e ótima surpresa saltou aos olhos de todos: O Menino e o Mundo na lista dos concorrentes a Melhor Animação. Pela primeira vez um filme nacional está nesta categoria.

Desde 2004 com Cidade de Deus, uma produção 100% nacional não era indicada. Ele chega depois de já ter vencido diversos prêmios, entre eles o do festival de Annecy (o mais importante da animação) e Annie Awards, Oscar da Animação.

A primeira vez que assisti ao filme foi na Mostra de Cinema de São Paulo de 2013. Sai da sessão com a certeza de ter visto uma história universal, com potencial de conquistar crianças e adultos de todo o mundo. Graças a seu enredo, a trilha sonora envolvente e às belas cores e traços do desenho, que envolvem o espectador no universo do Menino.

O filme mostra a história do Menino, morador de uma cidadezinha, que foge para encontrar seu pai na cidade grande. Desde as primeiras cenas, você é transportado para as primeiras aventuras da infância, as descobertas de pessoas, lugares, situações. Naquela fase da vida de Menino, em que tudo parece ser muito maior do que é.

No decorrer do longa-metragem, nós adultos, vamos pensando na rotina. Refletimos sobre como nossas escolhas podem influenciar o que seremos daqui 10,20,30 ou 40 anos. É inevitável refletir sobre o quanto o trabalho consome nossos dias, noites, semanas, meses, sem nos dar fôlego para estar próximo de quem amamos e viver o melhor da vida.

O mais legal de tudo, é se divertir, e muito, com o Menino - que dança, corre, pula, brinca, mergulha e voa. Impossível não abrir vários sorrisos durante as cenas.

Com a indicação ao Oscar, o filme voltou às salas de cinema e entrou na programação da TV a cabo. É uma nova oportunidade de conhecer a história na telona do cinema.

Apesar de ser uma grande festa da firma da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, pautada no puro marketing e, com muito preconceito envolvido, para algumas coisas o Oscar serve. Em 2016, teve a façanha de levar esta bela produção para mais gente.

De todos os indicados ao Oscar, é esse que todos deveriam assistir. Crianças, jovens e adultos, cinéfilos ou não.

LEIA MAIS:

- Até que enfim os Rolling Stones voltaram ao Brasil

- 'Major Tom, muita gente não conhecia David Bowie. Peça para eles dançarem, por favor'

Também no HuffPost Brasil:

Galeria de Fotos Animações que já ganharam o Oscar Veja Fotos

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: