OPINIÃO
01/12/2014 11:36 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

J. Lisbon: um novo conceito em e-commerce. Já ouviu falar?

Acredito que um dos mais fascinantes desafios do varejo online é entender o comportamento do consumidor e as sensações que ele tem quando está comprando. Mas como?

Divulgação

Acredito que um dos mais fascinantes desafios do varejo online é entender o comportamento do consumidor e as sensações que ele tem quando está comprando. E digo desafio porque em um meio cada vez mais dinâmico é preciso manter-se sempre à frente, inspirando tendências e tendo uma percepção inovadora. É mais ou menos como diz uma frase de Steve Jobs que li recentemente em sua biografia: "Não adianta querer fazer melhor do que o seu concorrente já faz. Você precisa fazer diferente".

Mas como? Uma forma atual, que vem crescendo aos poucos, é tornar essa experiência de compra um pouco mais "real" - gerando conteúdos para demonstrar a usabilidade das peças, humanizar e ambientalizar os produtos, criando uma importância maior na montagem de um ambiente diferenciado para envolver emocionalmente o consumidor (e com isso converter e alavancar as vendas).

E é dessa forma e com esse pensamento que nasceu a loja online de roupas masculinas J.Lisbon (com vendas para o Brasil). O idealizador do projeto, o português José Cabral, autor do blog de street style O Alfaiate Lisboeta, diz que "para que a compra de vestuário online se assemelhe à realidade do mundo físico, a experiência de produto deve ser melhorada. Porque experimentar um produto é mais que contemplar uma imagem sem contexto. É mais que contemplar um modelo com as medidas estandardizadas e a cabeça cortada, fotografado contra um fundo em tom pastel". E é realmente muito mais do que isso.

Todas as peças encontradas no site são fotografadas em um contexto real, com "modelos" que na realidade são pessoas comuns, acompanhadas da descrição pessoal de cada produto. É mais ou menos como se entrássemos em um site de street style e pudéssemos ali mesmo comprar as peças que mais nos agradaram. "Experimento todos os produtos para que, os textos que os acompanhem, resultem da experiência mais genuína e expressem o que senti quando os experimentei - traduzindo em informação importante para o cliente no momento de tomar a decisão mais acertada", explica ele.

No final, a loja é um pouquinho do próprio autor, misturando uma espécie de blog pessoal, fotografias de street style e, obviamente, espaço de venda. Com certeza uma ideia inovadora que promete conquistar o mercado. Agora só fica o pedido: nós mulheres também queremos uma sessão exclusiva, Zé!

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

TAMBÉM NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos SPFW Verão 2015: desfile da Cavalera Veja Fotos