OPINIÃO
12/11/2014 11:16 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Nova falha abre iPhone e iPad para vírus; veja como se proteger

Uma brecha recém-descoberta permite burlar esse mecanismo de proteção, invadir o iPhone ou iPad de alguém e roubar todos os tipos de dados: fotos, senhas, informações bancárias, etc.

A Apple analisa minuciosamente todos os aplicativos antes de liberá-los para a App Store. Por isso, o iPhone e o iPad sempre estiveram protegidos contra vírus. Agora, não é mais assim. Uma brecha recém-descoberta permite burlar esse mecanismo de proteção, invadir o iPhone ou iPad de alguém e roubar todos os tipos de dados: fotos, senhas, informações bancárias, etc.

Usando e-mail, SMS ou WhatsApp, o agressor envia um link para a vítima. Esse link pode vir acompanhado de alguma lorota do tipo "olha só que legal esse vídeo". Quando é clicado, ele executa o vírus. Normalmente, o iOS bloquearia isso - pois só executa programas vindos da App Store. Mas se o vírus tiver o mesmo nome de algum app que já esteja instalado no celular (por exemplo: "com.Google.Gmail", nome do aplicativo do Gmail), o sistema permite que ele rode. A partir daí, a praga pode assumir controle total do celular - e inclusive se espalhar usando a agenda. Ou seja, os seus contatos receberiam cópias do vírus como se fossem mensagens enviadas por você.

O problema, que foi descoberto pela empresa de segurança FireEye, afeta as versões 7 e 8 do iOS. Enquanto elas não recebem uma correção, a saída é ficar atento. Se você receber algum link suspeito, pergunte para a outra pessoa se ela realmente enviou aquilo, e do que se trata. E se por acaso aparecer alguma janelinha pop-up tentando instalar programas (como esta reproduzida acima), dê "Cancelar". Avise seus amigos.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

TAMBÉM NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos Você sabe que é viciado em redes sociais quando... Veja Fotos