OPINIÃO
08/09/2015 18:54 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

Fundador da Apple diz que Steve Jobs "não conhecia tecnologia"; Novo documentário gera polêmica

"Ele nunca projetara nada como engenheiro de hardware, e não conhecia software. Ele queria ser importante, e as pessoas importantes sempre são as pessoas de negócios. Então era isso o que ele queria fazer"

"Steve Jobs não teve nenhum papel no design do Apple I e II (...). Ele não conhecia tecnologia. Ele nunca projetara nada como engenheiro de hardware, e não conhecia software. Ele queria ser importante, e as pessoas importantes sempre são as pessoas de negócios. Então era isso o que ele queria fazer", afirma Steve Wozniak, co-fundador da Apple ao lado de Jobs, numa surpreendente entrevista em vídeo.

Quem conhece a história da Apple já sabia desses fatos (o grande talento de Steve Jobs sempre foi enxergar tendências e tomar decisões, não propriamente inventar tecnologias), mas eles nunca haviam sido expostos de forma tão direta, e até um pouco dura. "O Apple II, aliás, foi o único produto bem-sucedido nos primeiros 10 anos da empresa, e foi feito pelos meus próprios motivos e para mim, antes que Steve Jobs sequer soubesse que ele existia."

Woz estava falando a uma estudante americana de 14 anos, não a um jornalista, e por isso talvez tenha se sentido mais à vontade para soltar o verbo. As declarações chamam a atenção pela franqueza e também pelo momento - no último final de semana, estreou nos EUA "Steve Jobs: The Man in the Machine", um documentário que promete mostrar o lado ruim de Jobs e tem gerado polêmica (inclusive a revolta de funcionários da Apple, que chegaram a se levantar e ir embora do cinema na pré-estreia).

Assista ao trailer: