OPINIÃO
18/06/2015 15:24 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

Falha de segurança permite invadir smartphones Samsung pelo Wi-Fi; veja como se proteger

A brecha afeta os celulares Galaxy S6, S5, S4, S4 Mini, e outros modelos - ao todo, estima-se que 600 milhões de aparelhos estejam vulneráveis.

pestoverde/Flickr

A brecha afeta os celulares Galaxy S6, S5, S4, S4 Mini, e outros modelos - ao todo, estima-se que 600 milhões de aparelhos estejam vulneráveis.

O problema está no aplicativo "Teclado Samsung", que vem instalado de fábrica. De tempos em tempos, esse app verifica se existe alguma atualização disponível na internet. Mas, se o hacker estiver conectado à mesma rede Wi-Fi que você, pode interferir nesse processo, e plantar uma versão falsa do "Teclado" no seu celular. A partir daí, assume o controle do aparelho - e pode roubar dados, como contatos e senhas.

É um problema sério. Enquanto não surge uma atualização para corrigir a falha, a melhor coisa a se fazer é evitar redes Wi-Fi que sejam totalmente abertas (não exijam senha). Ou se conectar a elas usando uma VPN (Virtual Private Network) - para fazer isso, é só instalar e rodar o aplicativo Opera Max, que é grátis.

A empresa enviou a seguinte nota sobre o assunto:

"A Samsung considera possíveis ameaças de segurança um assunto de extrema relevância. Estamos cientes das questões relatadas por vários meios de comunicação e empenhados em oferecer o que há de mais recente em segurança móvel. O Samsung Knox tem a capacidade de atualizar a política de segurança dos smartphones, automaticamente e sempre que necessário, para invalidar quaisquer vulnerabilidades potenciais. As atualizações de políticas de segurança começarão a ser implementadas em poucos dias. Além disso, também estamos trabalhando com a SwiftKey, desenvolvedora do teclado, para controlar eventuais riscos daqui para frente".