OPINIÃO
26/07/2015 10:30 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02

Campuseiro desenvolve capacete inteligente para competição na Campus Party Recife 2015

Projeto voltado para o futebol americano promete dar mais segurança ao esporte, notório por emoção e muito contato físico.

Por Gabriel H. Lins* (Texto) e Maria Cazé** (Fotos)

Neste ano a Campus Party Recife vem recheada de desafios para os campuseiros desenvolvedores e dentre eles está o SportsHack Brazil 2015, um concurso que une tecnologia e análise de dados, aplicado ao mundo dos esportes.

Esportes como futebol americano são famosos pela emoção, assim como pelos impactos entre jogadores, não sendo raro aqueles que são forçados a se aposentar no meio da carreira.

Grande fã e mestrando em engenharia da computação, Yelken Gonzales (à direita), resolveu assumir esse problema e resolvê-lo em seu projeto para o SportsHack Brazil 2015.

A resposta para este problema foi: precaução. O equipamento de sua invenção, o Smart Helmet, calcula, estima e analisa todos os principais impactos que um jogado costuma receber em uma partida. Como também, pode ser utilizado para conseguir quaisquer dados em campo do jogador, desde temperatura corporal a vícios estratégicos.

O projeto terá apoio de jogadores profissionais de futebol americano e promete aumentar a segurança, além de gerar diversos novos dados sobre a prática.

Mais informações em relação ao projeto e contato: yelken@globo.com.

** É estudante de Administração e foi uma das escolhidas para entrar na Campus Party Recife de graça e contar como foi aqui no Brasil Post.