profile image

Tayná Leite

Coach, palestrante, advogada, feminista e mãe do Cacá

Canceriana com ascendente em libra e lua em capricórnio. É também coach, palestrante, blogueira, advogada, feminista e ocasionalmente dona de casa. Já foi professora de italiano, assistente de Papai Noel, vendedora, tradutora, estagiária, gerente e diretora. De São Paulo, vive em Curitiba com um recifense e seu Pug Jerimum. Detesta clichês, rótulos e preconceito. Escreve sem melindres sobre qualquer assunto e criou a Self sonhando com a transformação de mulheres, organizações e do mundo!
'Até quando nós mulheres seremos perpetuadoras desses

'Até quando nós mulheres seremos perpetuadoras desses absurdos?

A maioria esmagadora das meninas (78%) relata ter sofrido algum tipo de assédio como cantada ofensiva, abordagem violenta na balada e ser beijada à força. Lembrem-se: estamos falando de meninas de 16 a 24 anos, cuja vida sexual e amorosa está apenas no início. Quais seriam os números se fizéssemos a mesma pesquisa com mulheres entre 30 e 50 anos?
04/12/2014 16:48 -02
'Qual o real poder de escolha da

'Qual o real poder de escolha da mulher?'

Tenho acompanhado de perto o debate entre mulheres feministas e não feministas sobre o direito da mulher à escolha. Dois pontos, porém, me chamam a atenção nesses debates: há de fato escolha? Existe aceitação da escolha por si só e não do mérito da escolha?
27/11/2014 12:22 -02
Maternidade ou Carreira: o não tão velho

Maternidade ou Carreira: o não tão velho dilema

Como ter uma sociedade igualitária quando a mulher terá que sair do mercado por 1 ano se optar ser mãe ao passo que o homem se afasta por meros 30 dias? Como exigir que o homem participe mais na criação de seus filhos quando a própria lei vem dizer que ele é doze vezes menos necessário do que a mãe?
24/11/2014 10:36 -02
'Não seja um

'Não seja um clichê'

Dançar um funk até o chão não impede que você se emocione ouvindo Bach! Isso é o que eu aprendi até agora... não vejo a hora de desaprender tudo e aprender outras coisas!
20/11/2014 16:23 -02
Sobre o

Sobre o amor...

E como ser contra o amor? Como, alguém que já tenha amado, que sabe o que significa o frio na barriga, o olhar perdido, a cabeça nas nuvens e aquela vontade de estar sempre juntinhos e de compartilhar cada segredo pode ser contra o amor?
18/11/2014 09:26 -02
'O julgamento do outro não nos leva a

'O julgamento do outro não nos leva a nada'

Sempre detestei sentimentos de pena e sempre evitei ao máximo me colocar em situação de vítima da vida. Ao mesmo tempo, não me colocar em uma situação de vítima não queria dizer não compreender ou não valorizar as conquistas ou, ainda, minimizar o tamanho do desafio e do sofrimento no processo.
07/11/2014 09:53 -02
'O que você quer ser quando

'O que você quer ser quando crescer?'

Quando é que desistimos de nossos sonhos? Em qual momento da nossa vida deixamos de lado aquele sonho "infantil" de ser jogador de futebol, ou astronauta, médico ou professor? O que aconteceria de tão péssimo se fossemos atrás de nossos sonhos como se "não tivéssemos nada a perder"?
28/10/2014 20:38 -02