Ricardo Garrido

Executivo, cinéfilo, beatlemaníaco, corinthiano

Ricardo acredita que a vida é um longo intervalo de quatro anos entre Copas do Mundo. Desde que se encantou com a Seleção Brasileira da Copa de 82, alimenta o sonho de assistir ao principal torneio de futebol ao vivo. Chorou a derrota de 86, deu um tempo no cursinho para comemorar o tetra em 94, chegou a tirar férias para ver todos os jogos de 2006… pela TV. Mas agora chegou a hora, e Ricardo faz parte de um grupo de amigos que assistirá, de dentro dos estádios, a 7 jogos da Copa do Mundo. Acompanhe aqui o diário da turma ao longo do torneio. <br> <br> Ricardo Garrido é diretor de operações do iba.com.br. É engenheiro formado pela Poli-USP, pós-graduado em Administração de Empresas pela FGV.
Três coisas que aprendi com a Copa do

Três coisas que aprendi com a Copa do Mundo

Independente do resultado desta Copa do Mundo no Brasil, três coisas me ficam como revelações, e elas são a suma das sumas, que agora - depois desta descarada abertura pseudomachadiana - divido com o leitor.
16/07/2014 16:19 -03
Cinco descobertas perturbadoras da Copa no

Cinco descobertas perturbadoras da Copa no Brasil

Mas, mesmo com tudo dando tão certo, a vida sempre nos traz umas surpresinhas desagradáveis. E esta Copa de 2014 não está sendo diferente. Aqui vão as cinco descobertas perturbadoras da Copa no Brasil.
04/07/2014 10:46 -03

"O pequeno manifesto de um torcedor doente"

Nas arquibancadas, o campeão somos nós. Brasileiros, gringos, torcedores de clube, curiosos egressos da "elite branca". Não há chato que arrefeça nosso tesão por um bom jogo de bola.
30/06/2014 09:42 -03
A volta da Torcida da

A volta da Torcida da Curvinha

Acima de tudo, a Copa no Brasil me oferece a chance de retribuir o presente mais delicioso que meu pai me deu: o amor pelo futebol.
21/06/2014 13:16 -03

"A vida é um longo intervalo de 4 anos entre as Copas do Mundo"

Para mim, e para todos que amam futebol, vai ter Copa. Aliás, ela já está acontecendo. É hora de abrir parênteses na vida dura, entrar no <em>World Cup mode</em> e aproveitar. Um pouco de euforia pode fazer um bem danado para estes tempos bicudos.
27/05/2014 10:09 -03