profile image

Oliver Stuenkel

Cientista político, professor da FGV, autor de “BRICS e o futuro da ordem global”

Oliver Stuenkel ensina Relações Internacionais na FGV e coordena o MBA em Relações Internacionais e a Escola de Ciências Sociais (CPDOC) em São Paulo. É autor de “IBAS: a ascensão do Sul Global?” e “BRICS e o futuro da ordem global”, que serão publicados em 2014. Tem graduação pela Universidade de Valência, na Espanha, Mestrado em Políticas Públicas pela Kennedy School of Government de Harvard University e Doutorado em Ciência Política pela Universidade de Duisburg-Essen, na Alemanha. Escreve sobre política internacional no seu blog www.postwesternworld.com.
Política internacional em 2015: dez

Política internacional em 2015: dez previsões

O restabelecimento das relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba não afeta somente os dois países envolvidos, mas pode também mudar a política da região de maneira mais profunda. Uma série de eleições poderá mudar dinâmicas regionais em todo o mundo.
09/01/2015 19:09 -02
'Política externa brasileira: na

'Política externa brasileira: na escuridão'

Atualmente, o orçamento total do ministério corresponde a menos da metade do que era durante o governo Lula. Até mesmo aqueles que advogam em favor do governo reeleito admitem, em conversas nos bastidores, que a política externa brasileira está passando pela fase mais difícil em muitos anos.
18/12/2014 16:31 -02
Quem foi o maior beneficiário dos eventos geopolíticos em

Quem foi o maior beneficiário dos eventos geopolíticos em 2014?

Enquanto é cedo para compreender as consequências dos dois acontecimentos chave - a crise ucraniana e a ascensão do Estado Islâmico no Iraque e na Síria -, parece provável que a China irá emergir como um dos grandes vencedores das dinâmicas recentes.
30/10/2014 12:09 -02
A aposta de Kissinger no Brasil

A aposta de Kissinger no Brasil emergente

A iniciativa de Kissinger coincidiu com a tentativa histórica do chanceler brasileiro Azeredo da Silveira de fortalecer a projeção global do Brasil, um projeto descrito como "pragmatismo ecumênico e responsável".
11/10/2014 11:59 -03
Como FHC e Lula cooperaram para conquistar o apoio de George W.

Como FHC e Lula cooperaram para conquistar o apoio de George W. Bush

Muitos leitores ficarão surpresos ao descobrir que as relações Brasil-EUA durante a presidência de FHC foram pouco tranquilas. Apesar de uma excelente relação pessoal, Cardoso e Clinton discordavam em vários assuntos, por exemplo, em relação à guerra civil na Colômbia.
12/09/2014 17:45 -03

"Os EUA devem celebrar seu declínio?"

"Ser o número um é vantajoso, com certeza, mas precisamos, cada vez mais, que outros países se imponham - e não deveríamos nos assustar quando eles o fizerem."
13/08/2014 17:13 -03
A política externa de

A política externa de Aécio

Em comparação com FHC e Lula, que deixaram suas marcas no compromisso internacional do Brasil, a política externa da presidente tem sido uma política sem brilho.
24/07/2014 23:03 -03
Os benefícios do grupo BRICS para o

Os benefícios do grupo BRICS para o Brasil

O Brasil não precisa mais escolher entre estar próximo dos Estados Unidos ou do mundo em desenvolvimento - ele deve ter fortes laços com ambas potências estabelecidas e emergentes.
21/07/2014 15:53 -03