profile image

Márcio Coimbra

Cientista Político. Ex-diretor na Apex

Cientista político com experiência em campanhas eleitorais no Brasil, Europa e Estados Unidos e palestrante sobre conjuntura, estratégia política e relações internacionais e governamentais pela Casa Política. Foi diretor de Gestão Corporativa da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) em 2019. Completou o Mestrado em Ação Política pela Universidad Rey Juan Carlos, Espanha e atualmente coordena o programa de Pós-Graduação em Relações Institucionais e Governamentais (RIG) da Faculdade Presbiteriana Mackenzie. É Diretor-Executivo do Interlegis.
O 'efeito Trump' soube trazer à tona o eleitor americano que estava

O 'efeito Trump' soube trazer à tona o eleitor americano que estava esquecido

Esta talvez seja a maior lição que podemos tirar desta eleição. Um movimento de rejeição aos políticos que se espalha por todos os cantos do planeta já é uma realidade. Aqueles que entendem este fluxo do eleitorado são os mais propensos a sobreviver neste novo momento. O eleitor cansou dos políticos, da parcialidade da imprensa e está disposto a aplicar sustos naqueles que continuam a enxergar a política por uma ótica antiga e ultrapassada. Partidos tornam-se movimentos. Seus líderes, os novos eleitos. A sociedade nunca clamou tanto por ser ouvida. Este é o maior ensinamento deste ciclo eleitoral.
17/11/2016 11:48 -02
O Brasil deseja renovação, novos nomes e uma forma diferente de fazer

O Brasil deseja renovação, novos nomes e uma forma diferente de fazer política

Nosso presidencialismo de coalizão guarda contradições que geram crises em nosso sistema político. A falta de sintonia entre governo e parlamento tem sido uma das tônicas das tensões desde nossa redemocratização. O diálogo entre os dois poderes é fundamental para que uma agenda de longo prazo seja desenvolvida. Do contrário, o confronto entre ambos gera imobilismo, crises e processos de afastamento, em ambos lados do xadrez político.
19/07/2016 13:32 -03
A Virada de

A Virada de Macri

A eleição de Mauricio Macri para presidente da Argentina representa uma mudança de fundo na política do país e também na região. O anúncio do movimento em denunciar a Venezuela diante da cláusula democrática do Mercosul evidencia uma disposição urgente de reposicionar a Argentina no cenário internacional.
09/04/2016 20:40 -03
Nossas instituições estão operando a mudança que o Brasil precisa

Nossas instituições estão operando a mudança que o Brasil precisa encarar

Um governo está sendo atropelado pelas investigações de corrupção, políticos foram denunciados e presos, grandes empreiteiras devassadas e processos políticos averiguados. Nossas instituições estão operando a mudança que o Brasil precisa encarar há tempos. Isto é resultado da arquitetura institucional montada durante um regime democrático e livre.
28/03/2016 14:50 -03
'O governo Dilma não fez dever de casa, e 2016 será pior que 2015 na

'O governo Dilma não fez dever de casa, e 2016 será pior que 2015 na economia'

O caminho para o ajuste da economia é claro. É preciso um acerto das contas públicas mediante controle de gastos do governo, ou seja, diminuição de seus custos mediante cortes de ministérios, funcionários e fechamento de estatais. Com essas medidas, seria possível chegar a um superávit primário que traria a credibilidade de volta ao País. Entretanto, para Dilma parece ser uma tarefa complexa, pois vai contra tudo em que acredita.
11/01/2016 01:01 -02
Quem será o nosso

Quem será o nosso Trump?

Se você acredita que a política brasileira enfrenta um período turbulento, imagine só como estão os nervos aqui em Washington.
28/10/2015 20:36 -02
Saída

Saída honrosa

Diante do vácuo de poder criado pela própria Dilma, os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal assumiram o protagonismo no País, impondo sua agenda para um Planalto acuado e atrapalhado. As surras tomadas pelo governo no parlamento são vexatórias, intensas e em série.
03/07/2015 15:27 -03
Reforma Política: oportunidade

Reforma Política: oportunidade perdida

A grande questão está em convencer os parlamentares, eleitos dentro das regras atuais, a mudar o sistema que conhecem e os beneficia. É um grande desafio. Todos os sistemas tem suas vantagens e desvantagens, entretanto, diante da falta de um grande debate e liderança para propor mudanças, a tendência é realmente o que aconteceu: a manutenção das regras atuais.
28/05/2015 17:03 -03