Lana de Holanda Jones

Trans woman in transition, working with Amnesty International in Brazil

Lana Jones tem 26 anos e é uma mulher transexual em transição. É estudante de Serviço Social na UFRJ e é criadora da página Transgressiva no Facebook. Seu objetivo é, através das palavras e da informação, ajudar a construir um mundo melhor para o público LGBT, principalmente travestis e transexuais.
A Parada é LGBT, e não apenas

A Parada é LGBT, e não apenas 'gay'

A Parada, sucesso desde a sua primeira edição, é um bom momento para não apenas festejar, mas pensar nos pontos de diferença e de proximidade entre todos os integrantes do movimento.
16/06/2017 18:48 -03
Sobre Clarice Falcão, o clipe de 'Eu escolhi você' e

Sobre Clarice Falcão, o clipe de 'Eu escolhi você' e feminismo

Eu concordo totalmente com as críticas que dizem que o feminismo branco não dialoga com as demandas e lutas das mulheres negras. Acho que isso precisa ser visto e revisto, pra ontem. Lembrando que em dez anos o número de assassinatos de mulheres negras cresceu 54%, enquanto que os assassinatos de mulheres brancas diminuiu 10%. Isso é muito significativo, além de desesperador.
23/12/2016 17:39 -02
Amar de verdade é deixar

Amar de verdade é deixar ir

Amar é deixar ir. E Ferreira Gullar foi. Missão cumprida, afetos correspondidos e alimentados. Passagem feita. Ciclo concluído. Vida que sempre segue. Morte que sempre chega. Poesia que sempre fica. Ferreira Gullar vai, mas fica. Eterno.
05/12/2016 17:12 -02
Como é ser uma pessoa soropositiva em um mundo

Como é ser uma pessoa soropositiva em um mundo preconceituoso

Hoje eu sou muito mais preocupada em tentar seguir hábitos saudáveis (ou pelo menos tentar evitar aquilo que certamente me faria mal). Hoje eu consigo falar sobre isso, e consigo não sentir culpa. Eu possuo uma doença crônica, e isso não faz de mim uma pessoa pior, menor, menos digna, ou mais suja. Só me faz eu ser quem sou, e assim sigo sendo, desde o dia 14 de agosto de 2014.
30/11/2016 18:33 -02
Gregório Duvivier e o 'raio

Gregório Duvivier e o 'raio problematizador'

É obvio que, infelizmente, o peso dado se uma mulher tivesse escrito esse mesmo tipo de texto, seria outro. Seria um peso muito maior, e com muito mais críticas. Mas não é crucificando o Gregório, ou qualquer outro homem que fale de seus sentimentos, que vamos resolver essa equação machista. Vamos deixar nossas implicâncias pessoais de lado só um pouquinho? Custa quase nada.
16/09/2016 17:31 -03
Orlando é aqui: A sua 'opinião' e a sua 'piada' matam LGBTs todos os

Orlando é aqui: A sua 'opinião' e a sua 'piada' matam LGBTs todos os dias

A homofobia (ou lgbtfobia, melhor dizendo) está enraizada na sociedade, nas suas falas, nos seus gestos, nas suas brincadeiras, nos seus costumes. E todas essas pequenas coisas nos matam. A cada dia, seja em Orlando ou aqui, nós sofremos um atentado contra a nossa vida e a vida de nossos semelhantes.
14/06/2016 10:36 -03
Travesti não é

Travesti não é bagunça

De todas as siglas que envolvem o movimento LGBT, a letra T é a mais invisibilizada e é a mais violentada. Há quem diga, com certa razão, que a letra T da sigla é de Transparente. Pois é dessa forma que somos tratadas pela grande maioria da população, e até por muitos gays, como seres transparentes que não precisam de absolutamente direito algum.
06/06/2016 17:07 -03
Chamar estupradores de doentes é simplificar um problema

Chamar estupradores de doentes é simplificar um problema maior

Essa menina de 16 anos que sofreu essa barbárie, infelizmente não será a última a ter vivido algo assim. Infelizmente não será a última a ser ignorada por alguns veículos de notícia, e infelizmente o caso dela não será o último em que algumas pessoas tentam criar justificativas para o injustificável.
06/06/2016 16:25 -03
Nome social é um direito para LGBTs. E vamos lutar por

Nome social é um direito para LGBTs. E vamos lutar por isso

É claro que no cenário atual, a votação e aprovação desse projeto de lei é algo quase impensável, apesar dos nossos desejos e reivindicações. Mas o cenário atual tem mostrado, que mesmo com tantas atrocidades vindas da ala conservadora, as minorias não irão se calar e aceitar as injustiças sem ao menos lutar.
23/05/2016 12:31 -03
Os nobres deputados brasileiros e o estranho medo de transexuais e

Os nobres deputados brasileiros e o estranho medo de transexuais e travestis

Nobres deputados, ao contrário de vocês e do que vocês fazem, nós pessoas transgênero não queremos tirar direitos de ninguém. Apenas queremos viver nossas vidas, e termos nossas vidas plenamente respeitadas. Vocês não tem motivos reais para nos temer, mas nós sim. Nós temos pavor de vocês, nobres deputados.
20/05/2016 12:11 -03
Entendam: Antes de tudo, Dilma é

Entendam: Antes de tudo, Dilma é mulher

Estou, assim como todas as pessoas que conheço, preocupada com o país, e com o rumo que ele vai ter. Mas enquanto mulher, o que mais tem se passado pela minha mente quando paro para refletir sobre os últimos episódios da nossa política, é como a Dilma deve estar. Não a imagem de lutadora incansável que ela quer transparecer nos pronunciamentos, mas a mulher de verdade. A mulher por debaixo do título de presidenta afastada. Como ela estará?
13/05/2016 17:54 -03
Diante da possibilidade do impeachment, Dilma resolveu olhar para os

Diante da possibilidade do impeachment, Dilma resolveu olhar para os LGBTs

Com a consciência de que provavelmente lhe restam poucos dias de governo, ela teria muito pouco a perder, afinal o apoio dos conservadores e religiosos que estiveram ao seu lado ela já perdeu mesmo. Mas se vai fazer, que faça! O que não dá é para se comemorar, ou achar a nova maravilha no mundo, algo tão básico para uma parcela tão esquecida da população. Não estamos aqui para fazer esse jogo, querida.
29/04/2016 20:48 -03
Carta de uma transexual a Michel

Carta de uma transexual a Michel Temer

Não, eu não acredito que o senhor irá nos enxergar, mas acho que não custa tentar. A vida é feita de tentativas para se alcançar as vitórias desejadas, e o cenário político atual é uma prova disso. Tento chamar sua atenção não só por mim, mas sobretudo pelas minhas irmãs e irmãos que são mortos diariamente, fruto do preconceito da sociedade e do descaso do governo. Irmãos e irmãs que não possuem essa oportunidade de escrever, de se expressar, de reivindicar.
18/04/2016 18:54 -03
Quantas de nós ainda vão precisar

Quantas de nós ainda vão precisar morrer?

Na ausência de políticas públicas que ajudem a monitorar o grau de abandono a que a população LGBT está sujeita, iniciativas independentes se mostram cada vez mais necessárias e urgentes, como o mapeamento próprio da LGBTfobia no Brasil, desenvolvido pelo HuffPost Brasil e pelo Curso Abril de Jornalismo. Esse monitoramento e mapeamento, dos tipos de violência a que estamos sujeitos, e os locais em que esses atos são mais recorrentes, é importante para a partir daí se buscar constituir políticas públicas que visem a diminuição do preconceito, estigma e violência a que estão sujeitos os LGBTs.
30/03/2016 15:11 -03
Como é ser mulher e

Como é ser mulher e transexual

O que me proponho a fazer, com toda a modéstia de quem ainda está iniciando a transição, com as dores e frustrações de uma mulher ainda lida como homem, é falar das minhas experiências, das trocas com pessoas que conheço e do sistema como um todo. Justamente esse sistema que nos enxerga de uma única maneira, isso quando se dá ao trabalho de olhar para nós. Esse sistema que continua nos enxergando como lixo, enquanto nós somos resistência. Eles nos olham como figuras patológicas, mas nós sabemos que a vida de alguém vai além de determinantes biológicos.
08/03/2016 10:38 -03