profile image

Fernanda Vieira

Gerente de Programas da Humane Society International (HSI), uma das maiores ONGs globais de proteção animal, desenvolve trabalho com política corporativa no Brasil. Zootecnista e mestre em produção animal pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e doutora pela ESALQ/USP com ênfase em Bem-estar Animal.

Gerente de Programas do departamento de Proteção aos Animais de Produção da Humane Society International (HSI) do Brasil, uma das maiores ONGs globais de proteção animal. Trabalha com o setor alimentício no Brasil na adoção e implementação de políticas de bem-estar animal e de responsabilidade social corporativa. Zootecnista e mestre em produção animal pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) e doutora pela ESALQ/USP com ênfase em Bem-estar Animal.
Os grandes avanços para os animais criados para consumo humano no Brasil em zlikovec via Getty Images

Os grandes avanços para os animais criados para consumo humano no Brasil em 2016

Sistemas livres de gaiolas em bateria e gaiolas de gestação geralmente oferecem um nível significativamente melhorado de bem-estar animal do que os sistemas de gaiolas. Em sistemas livres de gaiolas, os animais são capazes de andar, e no caso de galinhas poedeiras, podem esticar suas asas e colocar seus ovos em ninhos, comportamentos naturais essenciais negados às galinhas confinadas em gaiolas.
06/01/2017 11:37 -02