profile image

Fabiano Tatu

Fabiano Tatu

Fabiano Torres, o Tatu, nasceu em Paracambi, em 1974, ainda a tempo de ver o Flamengo ser tricampeão carioca em dois anos, no fim de dezembro. É apaixonado pela Alemanha, em especial pela cidade de Freiburg e o S.C. Freiburg, o Gigante da Schwarzwald. Começou a trabalhar no futebol meio que por acaso, quando em 2010 foi eleito o torcedor símbolo do Brasileirão e apresentou a série "Energia de Todas as Torcidas", sucesso na internet e na ESPN Brasil naquele ano. Desde então pode ser visto e ouvido em programas como o "Torcedor Esporte Clube, na Rádio UOL, e no Canal dos Fominhas, no Youtube.
'Volta ao amadorismo é a única solução para o

'Volta ao amadorismo é a única solução para o futebol'

Não dá para brincar de ser profissional ou ser mais ou menos profissional. A gente tem que escolher um lado desse muro aí. Pra mim já está muito claro que nunca passaremos disso. Sendo assim, é melhor assumirmos de uma vez nossa condição para que pelo menos possamos voltar a ter prazer em acompanhar futebol. Não há mal algum nisso e ainda pode ser bem mais vantajoso.
04/02/2015 13:29 -02
Por que a seleção brasileira não é mais objeto de desejo dos

Por que a seleção brasileira não é mais objeto de desejo dos jogadores

Jogar pela seleção brasileira sempre foi o objetivo de todo jogador de futebol que levasse a carreira minimamente a sério. Foi. Nos últimos anos, ser chamado para a seleção virou algo tão banal, que qualquer caneludo com um empresário bem relacionado e influente consegue ter seu nome incluído numa lista de convocados com facilidade.
30/01/2015 17:39 -02
'Voadora' de Cantona faz 20 anos. E jogadores como ele fazem uma falta

'Voadora' de Cantona faz 20 anos. E jogadores como ele fazem uma falta danada

Golpes de kung fu à parte, jogadores como ele fazem uma falta danada ao futebol, cada vez mais inundado por falsos bons moços e zé roelas que andam por aí a pregar a castidade e inventar dancinhas ridículas. Com um comportamento artificialmente forjado por assessorias de imprensa e de imagem, esses caras tornaram-se pessoas intragáveis e absolutamente desinteressantes; são ídolos de meia-tigela, admirados somente por garotinhos de condomínio igualmente chatos. São os grandes expoentes da geração 7 a 1, que, a propósito, foi pouco.
26/01/2015 14:33 -02
Os perigos por trás da selfie do

Os perigos por trás da selfie do Totti

Certas coisas só são legais na primeira vez. Essa é uma delas. De toda forma, o exemplo foi dado e o risco de que as tais selfies se tornem uma praga também no futebol é iminente. O mal precisa ser cortado pela raiz. E logo.
13/01/2015 18:17 -02
Fluminense e Unimed: um divórcio em três

Fluminense e Unimed: um divórcio em três cores

Muitos acreditam que o rebaixamento não confirmado do Tricolor pelo STJD naquele nebuloso caso no fim de 2013, acabou dando uma sobrevida à relação. Aquilo foi como se o filho ou filha do casal estivesse passando por um grave problema de saúde e precisasse muito que os pais ficassem juntos naquele momento. Tão logo a criança melhorou, os problemas recomeçaram.
09/01/2015 18:03 -02
'Os pontos corridos forçaram os clubes a ter o mínimo de

'Os pontos corridos forçaram os clubes a ter o mínimo de organização'

O mata-mata favorece a incompetência e a safadeza. Falar no retorno puro e simples dele nada mais é do que uma tentativa canalha de mudar o rumo da prosa e tentar jogar fumaça sobre os inúmeros problemas realmente sérios. Esse bode que o sr. Romildo Bolzan Jr trouxe para a sala não é novo.
08/01/2015 15:47 -02
Entendendo a crise no futebol

Entendendo a crise no futebol brasileiro

Quem acompanha futebol já sabe: janeiro é mês de ferveção no mercado da bola. Contratações, especulações, fofocas, ~fontes seguras~ aparecendo de todo lado e garantindo um monte de coisa... enfim, é uma festa! Quer dizer, era. De uns tempos pra cá, em especial nesse começo de 2015, as coisas andam beeeeeeeem devagar.
05/01/2015 16:25 -02
Ele é o CARA do

Ele é o CARA do ano

Lukas Podolski é o retrato de uma nova Alemanha, que brinca mas não abre mão dos objetivos traçados. Por tudo isso, não foi novidade pra mim a Alemanha ter passado o rodo dentro e fora de campo no Brasil. Quando aqueles caras se propõem a realizar algo, não há a menor chance de não ser feito.
26/12/2014 14:58 -02
'No futebol carioca, o cenário atual é

'No futebol carioca, o cenário atual é desolador'

Tem uma parada típica que nos faz muito mal: a marra. Quando queremos, somos insuportáveis. Uns com os outros, inclusive. E que melhor terreno poderia haver pra propagação dessa praga do que o futebol? Ela nos cegou a ponto de não nos darmos conta do quão acentuado era o declínio dos nossos clubes.
11/12/2014 13:05 -02