Erika Gentille

Jornalista e blogueira no IxiGirl! Tem uma história de superação em curso, é formada no Mackenzie, FGV e até na China, mas cita que a vida é o maior aprendizado e o amor a mais ajustada ferramenta.

Erika Gentille é jornalista pelo Mackenzie, MBA em MKT pela FGV-SP, foi estudar sustentabilidade em Shanghai e é blogueira desde os 14 anos. Seu “blog sem rótulos”, o IxiGirl!, não é superficial. Mora em São Paulo, mas a família é do interior. Tem uma história de vida forte. Siga no Instagram @erikagentille
Quem te vê dançar raramente percebe a dor de seus

Quem te vê dançar raramente percebe a dor de seus pés

Tem também quem já tenha desistido de ser sua melhor versão. Quem sou eu para julgar, mas sou das que pensa que sempre vale a pena se esforçar mais um pouquinho. Pode estar ali, no dia a mais de perseverança, a sua vitória: na jornada, não necessariamente em um final feliz, mas em passos felizes na direção certa. É desafiador romper com a lógica ilógica do mundo e, entenda bem, ninguém tem a fórmula.
18/11/2016 15:44 -02
Crônica das

Crônica das Oportunidades

Eu, você, qualquer um, temos oportunidades e sendo elas perdidas, geralmente são perdidas mesmo. Não dá um pesar? Não dá uma tristeza? Então, mas seguir em frente sabendo que não podemos ter tudo mas podemos mesmo assim ser alguém, foi meu aprendizado. Com essa e outras situações. Perder durante a jornada é normal, faz parte, mas não podemos perder a oportunidade maior: de viver intensamente, mas com leveza. Sendo responsável sim, mas sem se destruir na busca da perfeição.
29/03/2016 14:31 -03
Um convite ao despertar

Um convite ao despertar político

Há um desejo de paz e ordem que levará ao progresso, sim. Mas não de imediato. É um processo histórico em curso e estamos participando dele. Então fale mesmo suas ideias, sem ofender, mas sem ser tolo!
22/03/2016 12:34 -03
Mães, isto talvez seja uma

Mães, isto talvez seja uma homenagem!

Minha bisavó Francisca teve 13 filhos, minha avó oito, com seis ainda entre nós, minha mãe só dois, eu ainda nenhum... e assim vemos em números que a modernidade tomou muito de nosso tempo de atenção à família - gerando o "sentimento de culpa" por não conseguirmos administrar tudo com mais maestria. Amor não falta, mas está difuso em tantas atividades.
08/05/2015 18:34 -03
7 momentos para repensar o que vestimos e como nos

7 momentos para repensar o que vestimos e como nos sentimos

Mais uma vez a pauta central são as artistas que ficaram fora do padrão e estão sendo alvo de críticas desenfreadas esse mês. Equilíbrio emocional, pressão pelo corpo perfeito, são tantas as discussões possíveis e nenhuma com lógica aprazível para centralizar a discussão sobre isso. O metabolismo muda na idade adulta e desde que você esteja saudável, não vejo problema algum em ter um tamanho diferente, maior, menor (ah, em relação ao tal padrão).
28/04/2015 17:20 -03
10 histórias (de mulheres)

10 histórias (de mulheres) inspiradoras

A Páscoa marca um renascimento, tendo como figura popular a ressurreição de Jesus. Se "somos imagem e semelhança de Deus", podemos renascer também. Então elegi alguns exemplos de mulheres que, à sua maneira, "mudaram de nome" (com suas atitudes).
02/04/2015 13:58 -03