Agustín Arosteguy

Produtor cultural e escritor

Produtor cultural e escritor argentino, 36 anos. Cursando a formação de Gestores Públicos e Agentes Culturais pela UERJ em parceria com Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Mestre em Gestão de projetos de ócio pela Universidade de Deusto em junho de 2010. Concluiu em julho de 2008, pela Universidade de Buenos Aires, uma especialização em produção executiva de projetos de artes cênicas, com ênfase em teatro. Graduado em administração pela Universidade de Buenos Aires em 2004. Desde outubro 2010, membro do Urban Management and cultural policy of city fórum de European Network of Cultural Administration Training Centers (ENCATC). <br> <br> Publicou seu primeiro romance Escaramú Majestic pela Editora Fuga de Santiago do Chile em dezembro 2012. O mesmo romance foi lançado em ebook pela Editora Araña de Valencia em novembro 2013 e será lançado em português em formato livro pela Editora Mórula do Rio de Janeiro em junho 2014, através do Programa SUR de apoio às traduções. Também publicou o livro de poemas Mi vida es un limón, ¡por favor devuelvan mi dinero!, pela Editora La Vaca Mariposa de Buenos Aires em maio 2013. Seu livro de contos ¿Estás contenta con tu Rocambole, amor mío inaccesible?, foi finalista do Prêmio de Literatura Experimental Sporting Club Russafa (Espanha), 2013. <br> <br> Desde maio 2013 escreve a coluna quizenal “Licuadora” no Jornal La Capital de Mar del Plata. Entre março 2012 até abril 2013, colaborou com artigos culturais com o Centro de Profesionales para la Identidad Social (CEPROFIS) da Argentina. <br> <br> Doutorando na UFMG, linha de pesquisa Lazer e Sociedade.
Você sabe o que são as

Você sabe o que são as oitavas?

No começo eu achava que as oitavas eram algo mundial, que existiam em todos os países e cidades do mundo. Mas depois, quando comecei a pesquisar a respeito, percebi que era uma invenção argentina.
08/09/2014 09:52 -03
Na etapa final desta Copa o gol parece

Na etapa final desta Copa o gol parece preguiçoso

O que me parece é que o acontecimento do gol está sendo mais uma questão cósmica que de justiça esportiva. Como se o gol estivesse chateado pelas manifestações, pela atitude grosseira da polícia, pelos inentendíveis quebra-quebras.
08/07/2014 10:14 -03
Essa brecha iminente entre o sentimento e a

Essa brecha iminente entre o sentimento e a palavra

Não se pode expressar cada sensação, sentimento, emoção com as palavras ou vocabulário disponível? Será que existem sentimentos tão mágicos que nunca poderão ser expressados em palavras?
29/05/2014 17:47 -03
Desentranhando o enigma do dragão

Desentranhando o enigma do dragão amarelo

Cada vez que assisto a um filme do Bruce Lee, me pergunto sempre o mesmo. De todas as coisas que me chamam a atenção, eu me interrogo sobre como fazia para se manter tão em forma.
14/04/2014 16:53 -03