OPINIÃO
30/04/2015 17:34 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

3 dicas de Brasília (e um clipe do Móveis Coloniais de Acaju)

Não é só de notas, musicais, políticas ou monetárias que vive Brasília não... Há muitas notas gastronômicas para se degustar por lá também. E foi assim, entre músicas, clipes e conjuntos habitacionais que encontramos o TOP 3 de hoje. Afinal, sempre arrumamos um tempinho pra comer.

Brasília é uma cidade que está sempre na boca do povo brasileiro. A conhecemos pelos livros de história, a reconhecemos pelos filmes, a entendemos pelos jornais e a ouvimos através do som bom que vem de lá.

Grandes nomes da nossa história musical nasceram, cresceram, aprenderam a tocar baixo, violão, guitarra, bateria (entre outros instrumentos) e decidiram cantar todos os problemas desse mundo nos mais belos versos de inúmeras canções.

Mas não é só de notas, musicais, políticas ou monetárias que vive Brasília não...

Há muitas notas gastronômicas para se degustar por lá também. E foi assim, entre músicas, clipes e conjuntos habitacionais que encontramos o TOP 3 de hoje. Afinal, sempre arrumamos um tempinho pra comer.

Pra deixar todos com água na boca:

1. A primeira dica de hoje é o Balaio Café, ponto de encontro de boa parte dos brasilienses que conhecemos. Fomos parar lá por indicação de uma amiga e acabamos voltando algumas vezes nos 3 dias que passamos em Brasília. Lá tem de tudo. Café, tem sim senhor. Almoço farto por kilo pra agradar gregos, troianos, paulistas e paulistanos. Tem também. Cerveja gelada, clima descontraído e musical é o mote das noites por lá. Além de tudo isso, o café também recebe eventos como festivais de cinema, festas, bandas e sarais.. Enfim. Tudo provado e aprovado. Inclusive o wifi, que é gratuito!

2. O cinema nacional voltou com tudo através do nosso nordeste. De lá, assistimos Central do Brasil, Abril Despedaçado, Amarelo Manga, O Auto da Compadecida... A lista é longa. E, inspirados na sétima arte, fomos ao Mangai, restaurante que traz uma bela mostra da culinária lá de cima do país. Se não tem certeza se quer comer carne de sol ou bobó de camarão, se vai pegar pesado no rango ou manter a dieta na saladinha, lá é um lugar com comida pra todos os gostos. E com um tempero "arretado." Pegue seu prato, encha com o que achar mais apetitoso entre os inúmeros pratos da culinária nordestina e seja feliz. Aviso: para que não comer carne, não se preocupe. Tem uma mesa de saladas mais do que completa. Também funciona no esquema de pese/pague. E lembre-se: a mesa de sobremesas é tão completa quanto a de pratos quentes.

(foto de Joana França)

3. A terceira e última dica é uma junção de gastronomia, música e hospitalidade. É o Jantar Lá em Casa. Criado e idealizado pelo saxofonista do Móveis Coloniais de Acaju, Esdras Nogueira, ao lado de sua sorridente Mariana Cardoso, esse jantar faz parte do projeto do casal Lá em Casa. O nome já diz tudo. Eles escolhem um dia, um menu e um preço fixo. A ideia é fazer algo bem gostoso mas sem frescura, afinal, eles recebem a galera em casa mesmo. Os pratos são criados pela dupla, sempre se inspirando em alguma temática bacana. Hoje (30) é dia de Jantar lá em Casa. E que casa gostosa. Vale a visita, o jantar e a divertida companhia dos dois. Se não estiver em Brasília, tudo bem. O Esdras, além de músico e cozinheiro, é também filmmaker. Ele e a Mari postam vídeos de receitas deliciosas no site deles.

Não assistam com a barriga vazia.

É pra matar qualquer um de fome.

Todas as infos estão aqui: http://comalaemcasa.com.br

E é assim, com vontade de comer tudo de novo, que terminamos as dicas de hoje.

Assista ao clipe desta semana, rodado em Brasília, com os Móveis Coloniais de Acaju:

E acompanhe nossas aventuras também pelo nosso:

Facebook: http://www.facebook.com/atw80musicvideos

Instagram:http://instagram.com/atw80musicvideos