OPINIÃO
09/12/2014 18:52 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Desinformação tem cura: corrida contra o preconceito

Manaus é um paraíso tupiniquim no centro da Amazônia, mas essa linda cidade também concentra 85% dos diagnósticos de HIV do estado do Amazonas, 2º lugar dentre os estados com maior taxa de detecção da doença e 3º na lista dos com maiores coeficientes de morte.

divulgação

Manaus é um paraíso tupiniquim no centro da Amazônia, está situada na confluência dos Rios Negro e Solimões e qualquer visita merece a contemplação do espetáculo que o encontro dessas águas proporciona! Mas essa linda cidade também concentra 85% dos diagnósticos de HIV do estado do Amazonas, 2º lugar dentre os estados com maior taxa de detecção da doença e 3º na lista dos com maiores coeficientes de morte.

Ciente desta realidade, Adriana Souza, chefe do núcleo de controle das DST/Aids/HV da Secretaria Municipal de Saúde, idealizou um projeto fantástico, do qual tivemos muito prazer em fazer parte: a 1ª Corrida Contra o Preconceito! Realizada no 30 de novembro, domingo que antecedeu o dia mundial da luta contra a doença.

A iniciativa, apoiada pela Secretaria Municipal de Saúde (Susam), visou conscientizar as pessoas sobre o vírus, motivar o teste e mobilizar a sociedade para o combate a qualquer tipo de preconceito, principalmente, contra pessoas portadoras do vírus HIV.

Para participar do desafio de 4 km, os atletas doaram dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão doados a pessoas de baixa renda vivendo com HIV, atendidos nos Serviços de Atendimentos Especializados em DST/AIDS.

Com a conscientização por meio do esporte, o evento reuniu aproximadamente 1,2 mil corajosos atletas que encararam um sol lascado para participar deste grande movimento! Além da corrida, o evento contou com atividades para as crianças, shows, distribuição de 40.000 preservativos e realização de mais de 100 testes gratuitos de HIV.

Parabéns à Adriana e a todos os envolvidos no projeto, que acreditam na mesma filosofia do Atitude Abril - Aids, levar a conscientização sobre a doença de uma forma diferente, com alto astral e fora da mesmice. Podemos mudar a realidade da Aids no Brasil! Pois desinformação tem cura! =)

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.