OPINIÃO
20/01/2015 19:20 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:44 -02

Você acabou de ter um bebê

Eu sei que sua lista de afazeres nunca termina. Eu sei que você está preocupada com coisas do tipo sua conta poupança e fundos da faculdade e seguros de vida e em fazer um testamento. Você não precisa fazer nenhuma dessas coisas hoje. Você poderá fazê-las em breve.

Ashlee Gadd

Para mim mesma e para qualquer outra pessoa que precisar ler isto aqui:

Você acabou de ter um bebê.

Eu sei que o seu jeans não entra. É um saco. Eu sei que, na semana passada, você provou 17 pares e quase chorou no vestiário. Eu sei que você foi para a Gap depois disso e provou 14 outros pares e quase chorou nesse vestiário também. Eu sei que a única coisa que você comprou nesse dia foi uma calça de moletom e uma camiseta branca solta. Tudo bem.

Você acabou de ter um bebê.

Eu sei que sua lista de afazeres nunca termina. Eu sei que você está preocupada com coisas do tipo sua conta poupança e fundos da faculdade e seguros de vida e em fazer um testamento. Você não precisa fazer nenhuma dessas coisas hoje. Você poderá fazê-las em breve.

Você acabou de ter um bebê.

Eu sei que você está tentando equilibrar o emprego dos seus sonhos (que não paga nada, ainda), e o seu trabalho (que paga pouco), e tentando descobrir como pagar a creche e como encontrar uma, e como não se sentir culpada por usar uma. Eu sei que mais do que qualquer outra coisa agora você quer ajudar seu bebê superativo que precisa correr, correr, correr enquanto você precisa sentar, sentar, sentar e amamentar, mais uma vez. Tudo bem.

Você acabou de ter um bebê.

Eu sei que você está tentando descobrir como fazer refeições que não sejam apenas ovos mexidos e não ficar sem leite no final da semana e como fazer com que seu bebê faça cocô no penico. Eu sei que você deseja secretamente apenas 100 horas com uma babá para que você possa fazer um livro do bebê, criar um cardápio de refeições, ir ao hipermercado, organizar o seu guarda-roupa, depilar as pernas, escrever cartões de agradecimento atrasados, limpar sua área de trabalho, cortar as unhas, passar aspirador de pó em cada quarto e talvez, apenas talvez, assistir a um filme? Com pipoca? E bolinhas de caramelo com chocolate? Tudo bem desejar essas coisas.

Você acabou de ter um bebê.

Eu sei que todo mundo está fazendo mil e uma promessas, estabelecendo metas e escolhendo a palavra do ano. Eu sei que você está comendo um pote de peanut butter (creme de amendoim) escondida no banheiro, tomando decisões que você nem sabe se vai cumprir e tentando pensar em uma palavra que não seja sobreviver, mas é a única palavra que você acaba usando porque maldição, essa coisa de ter duas crianças é difícil.

Eu sei que você está esgotada. Frustrada. Sobrecarregada. Privada de sono. Agradecida. Grata. Feliz. E cansada.

Você acabou de ter um bebê.

Eu sei que tudo parece que ficou sem fazer. Eu sei que ser um adulto é um saco. Eu sei que sua casa está uma bagunça. Eu sei que você tem bloqueio de escrever. Eu sei o que você sente. Eu sei que você queria ser uma supermulher. Eu sei. Eu sei.

Mas.

Você acabou de ter um bebê.

Então, vamos parar de fingir que isso não aconteceu.

E vamos dar-lhe alguma graça e permissão.

Você não tem que responder a cada e-mail, cada texto ou cada convite que chega até você. Você não tem que manter sua casa limpa ou fazer jantares sofisticados esta semana ou planejar as férias anuais da família. Você não tem que levar seu filho ao dentista ou descobrir como economizar para a faculdade agora.

Deixe estar.

Coma uma rosquinha. Quer saber, coma duas. Deixe seu bebê dormir no seu peito. Finja ser um dinossauro com seu filho. Vá à loja Target sozinha e olhe tudo. Assista Parenthood e chore um pouco. Vá ao brunch com suas amigas. Descanse.

Você está bem.

E quando você for para a cama hoje à noite pensando nos 63 itens que ficaram sem fazer na sua lista de tarefas, se sentindo pouco realizada e decepcionada com você mesma, eu quero que você repita comigo:

Eu. Acabei. de. Ter. Um. Bebê.

Um bebê!

Relaxe. Você está indo muito bem.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

Siga a gente no Twitter

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.

Para saber mais rápido ainda, clique aqui.