Opinião

O machismo do Facebook

Para o Facebook, um DESENHO todo floreado que só dá para perceber que é de uma vagina se você tirar os floreados todos é FOTO de nudez. A rede, aparentemente, foi muito solícita e rápida em excluir o conteúdo e me bloquear por vários dias por causa dessa publicação.
Esta postagem foi publicada na plataforma, agora fechada, do Colaborador do HuffPost. Os colaboradores controlam seu próprio trabalho, que são postados livremente em nosso site. Se você precisa denunciar este artigo como abusivo, envie-nos um e-mail.

Sou usuária da rede social Facebook há algum tempo e somente a acesso por duas razões: para manter contato com a família e para repassar informação de qualidade sobre direitos femininos, parto, amamentação. Não estou afim de desabafar meus problemas, de me sentir dentro de uma comunidade, de não me sentir sozinha. Só uso para esses dois fins, ponto. O Facebook, infelizmente, só permite as mulheres participarem da rede se elas se comportarem da maneira que a sociedade patriarcal manda. Saia disso e você paga caro.

Publiquei na minha linha do tempo recentemente um texto vindo de um blog cuja autora revela que adora ser mulher e adora o seu corpo. O texto é bem escrito, o porém é a imagem que o ilustra. Para o Facebook, um DESENHO todo floreado que só dá para perceber que é de uma vagina se você tirar os floreados todos é FOTO de nudez. A rede, aparentemente, foi muito solícita e rápida em excluir o conteúdo e me bloquear por vários dias por causa dessa publicação.

Dois pontos relevantes sobre o assunto: a publicação foi denunciada por um contato meu. Se foi um homem que ficou aborrecido por uma imagem estilizada de uma vagina, ou porque o texto está convocando as mulheres a se amarem pelo que são, é caso de procurar ajuda especializada porque essa pessoa está com sérios problemas mentais. Século 21, rapaz. Acabou a mamata, a mulherada percebeu que a única liberdade que a sociedade machista nos permite é escolher posição sexual na hora de namorar o marido (vai namorar fora do casamento pra ver o rebu que dá, suspiro) e queremos mais da vida. Muito mais.

Se foi mulher que denunciou, vem cá dá um abraço, amiga. Tô zangada não. Vem bater um papo comigo (quando eu puder voltar a usar a rede social, estou bloqueada no momento). Vamos pegar um espelhinho e olhar nossas vaginas, estudá-las, ver como são. Vamos no Google ver fotos de vaginas e estudar os nomes das suas várias partes. Eu não tolero mais a ideia de que os homens possam conhecer, pelo menos de vista, mais da nossa própria anatomia do que nós mesmas.

Em vez de ficar zangada por ter visto uma vagina e me denunciar, vamos lutar juntas para que tenhamos equidade. Igualdade só não adianta - nenhuma mulher quer ficar mais forte que os homens para poder bater neles. Para dominar os homens, A gente só quer ganhar salários compatíveis para que não tenhamos que depender de outros para ser sustentadas. Só queremos que as empresas respeitem a vontade das mulheres de ser mães e dêem o apoio que precisamos - que tal um trabalho flexível para que toda mãe possa curtir a cria e se sustentar?

O segundo ponto a que eu me referia é: o Facebook foi tão solícito em me bloquear por um desenho estilizado que ilustra um texto de um blog. Mas permite grupos de encoxadores? Sério isso, produção? Grupos onde homens botam relatos de abuso sexual em transportes públicos? Permite páginas onde profissionais de saúde cesaristas difamam profissionais ativistas pelo parto normal? Que difamam doulas e mães que tiveram parto normal, dizendo que essas mulheres estão todas arreganhadas e que o certo é fazer cesárea sem indicação clínica? Repassando mitos de parto para apavorar mulheres e as coagir a escolher cesárea para não sofrer violência?

Que vergonha, Facebook! Aceitando só as denúncias de fotos de amamentação, parto e de material pró-feminismo você só está contribuindo para manter o status quo do gênero dominante. Vamos lembrar só por um momento que o feminismo não mata homens só porque eles são homens, mas que o machismo mata mulheres só porque elas são mulheres? Bloqueando usuárias por foto de parto e de amamentação (sim, também já fui bloqueada por esses motivos). Decepcionada, viu, Mark?