OPINIÃO
05/09/2014 15:45 -03 | Atualizado 30/12/2017 02:33 -02

12 lições que a vida lhe ensinará (às vezes da maneira mais difícil)

Essas lições não fazem parte de um currículo estudantil. São ensinadas nas entrelinhas - escolhidas por meio do sofrimento, da necessidade e de atos falhos. São verdades inabaláveis da vida que muitas vezes esquecemos, mas com maior frequência rejeitamos.

GeorgeDolgikh via Getty Images

Tenho 27 anos (em anos de gato tenho mais) e, embora não possa me comparar à sabedoria dos gurus ou dos monges tibetanos, aprendi uma boa quantidade de lições em meu tempo relativamente curto na terra. Uma das primeiras antevisões que vim a compreender é que, em última instância, todos sofremos as mesmas dificuldades: morte, traição, divórcio, mágoa, doença, dificuldades financeiras - são os problemas que inevitavelmente nos atingem. Depois, aprendi que aprendo mais observando os outros: uso um telescópio em seus desejos e medos, seus arrependimentos e erros. E apesar de eu mesma ter cometido muitos erros também me abstive de certos erros críticos ao lembrar as consequências que vi outros pagarem. Às vezes podemos saber tanto sobre a batalha olhando de longe quanto marchando dentro dela.

Essas lições não fazem parte de um currículo estudantil. São ensinadas nas entrelinhas - escolhidas por meio do sofrimento, da necessidade e de atos falhos. São verdades inabaláveis da vida que muitas vezes esquecemos, mas com maior frequência rejeitamos. Tenha em mente estas 12 lições para compreender suas dificuldades, vencer seus desafios e navegar por suas circunstâncias com total consciência:

Nunca pegue o que não é seu

Quando você pega o que não lhe pertence, será tirado de volta de você -- talvez em um momento posterior ou por meios diferentes. Mas o que não é seu não ficará por bem. Encontre pessoas e crie coisas que você possa realmente chamar de suas.

Nunca se compare a ninguém

Quando você se compara a outra pessoa, você obscurece sua própria beleza inerente. Seja feliz pelos outros: deixe-os viver seus sonhos e deseje-lhes o bem. Mesmo que estejam em um caminho semelhante ao seu, a concorrência não precisa ser um fator. Concentre-se apenas em seu próprio sucesso. Quanto mais você abrigar inveja, animosidade, amargura ou frustração contra alguém por suas conquistas, mais você sufocará seu próprio sucesso pessoal. No momento em que você perceber que é tão único quanto sua impressão digital, é o momento em que você pode começar a utilizar seus talentos natos para seu total benefício.

O momento é tudo

Seja paciente. Olhe na direção do processo, e não do resultado. Verifique consigo mesma: as coisas estão lenta, mas certamente movendo-se na direção certa? Saiba quando agir e quando ficar imóvel. Fique alerta para sinais e aproveite oportunidades conforme aparecem; se você mantiver a mente aberta, verá o que fazer e quando. O momento certo é tudo, e tudo na hora certa.

Mantenha seu carma limpo

Seu carma não é uma força maléfica que despeja suas más ações de volta em você. Seu carma é a memória de sua alma, de tudo bom e ruim e intermediário que você já pensou e fez. Quando você acumula carma ruim, você se prende em ciclos de comportamento indesejáveis. Manter seu carma limpo significa não causar mal a ninguém, quer eles tenham causado a você ou não. Tenha consciência de seus atos e do impacto que eles têm sobre os outros. Haja de boa fé e você sempre será vitorioso.

Acalente seus seres amados

Acalentar não é apenas amar, é cuidar como um tesouro. Você pode amar alguém à distância, mas quando você acalenta uma pessoa você se esforça para estar perto dela. Cuide dos que a cercam enquanto você pode. A vida tem maneiras curiosas de fazer nossos seres amados diminuírem em número com o tempo. Abrace as pessoas que estão na sua vida antes de ficar só com a memória de quem elas eram.

Cuide de si mesmo

Meu querido pai fumava e morreu cedo, e em certa medida eu vejo a tendência à autodestruição em todos os que conheço. Poderia ser estresse crônico, o hábito da bebida ou falta de exercício, mas todos sucumbimos a um vício que nos causa mais mal que bem. Trabalhe para prolongar sua vida, em vez de encurtá-la. Mergulhe em prazeres simples. Ria com mais frequência. Devolva suas cargas para o universo: você não foi feita para carregar o peso do mundo nos ombros. Porque se você não cuidar de si mesma, quem o fará?

Aceite o que você não pode mudar

A Oração da Serenidade diz: "Deus, conceda-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar; coragem para mudar as que eu posso; e sabedoria para saber a diferença". Quando você tolera as coisas como elas são, e reconhece que elas se modificarão e emendarão, começarão e terminarão conforme a vontade do universo, você sentirá a verdadeira serenidade. Sua mente e sua alma estarão em paz quando a aceitação for sua mediadora. Permita que as situações se desdobrem em seu rumo natural. Independentemente do que você faça ou não para tentar influenciar as pessoas e os fatos, tudo ainda forma um círculo completo no final.

Encontre sua vocação

Cada um de nós tem designado um propósito único e é dotado das capacidades necessárias para realizar nossa missão. A minha é escrever, e talvez a sua seja cantar, dançar, descobrir ou construir. Seja qual for o seu propósito, é seu dever honrá-lo. Uma vocação é um chamado, e quando você atua sobre esse chamado nenhum trabalho é um "trabalho". Torna-se um prazer trabalhar porque você está envolvido do fundo de sua alma, realizando a canção e o verso de seu espírito. Se você sabe qual é sua missão mas não pode mergulhar nela totalmente (talvez não seja financeiramente interessante), experimente praticá-la com a maior frequência possível. Você pode fazer trabalho voluntário, ter um emprego em meio período ou assumi-lo como um hobby -- o que for preciso para participar de sua busca predestinada.

Não tome nada no plano pessoal

As pessoas nos ofendem e às vezes nos insultam. Sobre o parceiro que nos traiu, perguntaremos: eu fui bom o suficiente? Do melhor amigo que nos apunhalou pelas costas, pensaremos: como pôde fazer isso comigo? Mas personalizar as coisas só causa uma autoacusação desnecessária. Lembre-se de que quando alguém o trata mal está sendo movido por suas próprias questões e problemas não resolvidos.

Controle suas emoções

Nossas emoções nos distinguem dos animais; sentimos nosso caminho por este mundo. E embora as emoções sejam o elemento mais bonito de nosso ser alguns sentimentos podem ser prejudiciais a nossa saúde. Nunca fale com raiva ou aja com desespero. Decisões tomadas sob emoções extremas tendem a funcionar contra nós. Quando dominamos nossas emoções, podemos decifrar o que é realmente do nosso interesse.

Evolua

A primeira lei do universo é mudar. A ordem natural de nosso mundo nos ensinou que as espécies que não evoluem morrem. Nós também devemos mudar para enfrentar a estagnação. Por mais que gostemos de nos envolver em um manto confortável, devemos nos forçar a crescer de modo consistente. Modifique um aspecto da sua vida que não lhe agrada. Dê a si mesmo um cronograma realista e mantenha-se nele. Depois que você fizer a mudança, reflita a respeito: ela não lhe deu mais poder? O que mais você gostaria de melhorar? Vise fazer novos progressos, um de cada vez.

Tudo acaba encontrando a paz

A vida vem em ondas de alegria e tristeza, e a verdade agridoce é que nenhuma dura para sempre. Mas quando se está passando por um trecho acidentado certamente parece a eternidade! E os momentos mais felizes parecem fugazes. Certifique-se de que tudo acaba encontrando a paz. Quanto mais cedo você enfrentar seus desafios com coragem e sem medo, mais cedo a ordem tranquila de todas as coisas será restaurada.

Podemos aprender essas lições por meio da experiência individual ou vendo os outros passarem por elas. O importante é que compreendamos essas sabedorias de modo a nos elevarmos acima de nossas dificuldades e não carregarmos o mesmo peso duas vezes. O que a vida lhe ensinou até agora?

MAIS COMPORTAMENTO NO BRASIL POST:

Galeria de Fotos 9 dicas simples para controlar a ansiedade Veja Fotos