OPINIÃO
27/08/2015 18:21 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:33 -02

Alvo de fofocas, Ronda Rousey conhece o lado ruim da superexposição

Reprodução

Mesmo se não tivesse o talento nato para transpor barreiras impostas pelo esporte, Ronda Rousey já seria por si só um fenômeno. Medalhista olímpica no judô, a loira ainda mergulhou no MMA e tratorizou todas as suas rivais que, com exceção de apenas uma, sucumbiram ainda no primeiro round.

Mas, como dito anteriormente, seu carisma e apelo com os fãs lhe garantiu visibilidade de sobra, e presença em comerciais, filmes, capas de revistas e programa de TV se tornou rotina.

A partir daí, Ronda colheu os frutos do sucesso, e muito bem. Eventos, entrevistas e viagens fizeram dela assunto constante nos últimos meses -- o que lhe garantiu uma bela engordada em sua conta bancária, claro.

Afinal, tudo sobre ela vira notícia porque, a grosso e resumido modo, sempre tem gente querendo ler qualquer coisa sobre a loira, principalmente no que diz respeito ao que é feito fora de sua rotina como atleta de alto rendimento.

E, com essa demanda e procura em alta, Ronda foi apresentada ao lado ruim da fama exacerbada e superexposição.

Alvo de fofocas, a campeã do UFC deve ver sua vida íntima ser revirada daqui para frente -- e não me refiro aos fatos colhidos por ela própria para narrar sua biografia (obra que já figura entre os livros mais vendidos do ano nos EUA).

Com o poder de escolha do que será publicado e com tempo de sobra para se preparar com a repercussão das notícias (que inclui o período em que teve contato constante com drogas e bebidas), Minha Luta, Sua Luta não prepara o terreno das fofocas para o qual Ronda, como superstar que se tornou, deve ser levada.

Nesta semana, outra amostra lhe foi dada. Enquanto estava em um bar acompanhada do peso-pesado do UFC Travis Browne, a loira foi fotografada e, em imagem divulgada pela esposa do atleta, acusada de ser amante dele.

Semanas antes, ainda quando visitava o Brasil, Ronda foi apontada como namorada do ex-judoca e apresentador do SporTV Flavio Canto. E se uma das afirmações relatadas é verdade, ou ambas, ou nenhuma, é o que menos importa.

Afinal, todos já ficaram sabendo e ela já foi "julgada" e categorizada como manda o figurino da internet.

Em outro exemplo, a lutadora foi questionada durante uma entrevista sobre o que achava de um filme pornográfico ter sido feito em "homenagem" à sua carreira. Isso mesmo! Semanas depois, uma produtora de filmes adultos encaminhou uma proposta de cerca de R$ 18 milhões para que Ronda atuasse em uma de suas produções, de acordo com o site TMZ (possivelmente o maior do mundo quando o assunto é celebridades - e que fala da judoca sem parar),

Da mesma forma que a lutadora é valiosa para o UFC por levar o nome da empresa a pessoas que não teriam contato com esse esporte antes, qualquer repercussão negativa também chega com mais intensidade e vai mais longe do que se pode prever.

E, independentemente do impacto disso e de como ela lidará com tal realidade, ao menos agora ela conhece, por completo, o outro lado da moeda.

MAIS RONDA ROUSEY NO BRASIL POST:

Ronda Rousey é incrível!

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: