COMPORTAMENTO
27/12/2018 00:00 -02

Superstições de Ano Novo: Entre em 2019 com o pé direito

Pular ondinhas, comer lentilha e guardar os caroços da uva estão entre as mais famosas crenças populares.

Se você acredita em superstições, a chegada das festas de fim de ano é um prato cheio para colocar algumas das ideias mais populares em prática e esperar para ver se seus desejos se realizarão em 2019.

Pular 7 ondinhas no mar, comer ao menos uma colherada de lentilha na ceia de Réveillon e evitar a todo custo qualquer prato feito com aves (afinal, elas ciscam para trás, e não queremos isso pra nós, né?) estão entre as crendices populares com mais adeptos.

O HuffPost Brasil conversou com Claudiney Prieto, organizador da Mystic Fair, bruxo, escritor e parceiro do site Astro Centro, para entender direitinho o que cada uma dessas superstições significa e como fazer para ter um Ano Novo repleto de energias positivas e realizações pessoais.

7 ondinhas

Guadalupe Pardo / Reuters
Pular 7 ondas no mar deixa a pessoa em sintonia com as forças do universo.

Supersticioso que se preze já ouviu falar que pular 7 ondas na virada do ano é certeza de sucesso, não é? Diz a lenda que, tão logo termine a contagem regressiva, a pessoa deve entrar no mar e pular 7 ondas, lembrando de fazer um pedido especial a Iemanjá após cada um deles. Ao terminar, é fundamental fazer uma oferenda ao orixá para obter todo o auxílio possível na busca pelos desejos.

Segundo Claudiney Prieto, a tradição é muito mais do que uma simples lenda. "Muita gente pula e não sabe por que está fazendo isso. A verdade é que o mar é o local de onde a vida surgiu e o Ano Novo é o renascimento. Estar em contato com o mar nessa data específica renova as energias e é como se você renascesse."

O número de ondas a serem puladas também não é um simples acaso segundo o bruxo. "O 7 é um número muito espiritual, pois, no passado, as pessoas enxergavam somente 7 planetas a olho nu. As semanas têm 7 dias. Então, pulando 7 ondas, as pessoas estarão se colocando em sintonia com as forças cósmicas do universo. Cada onda para um planeta, pois cada planeta rege um aspecto da vida."

Pulinhos da sorte

Westend61 via Getty Images
Pulinhos como esse certamente serão difíceis de fazer com uma taça na mão...

Engana-se que é preciso estar em uma cidade praiana para poder dar os famosos pulinhos da sorte na virada do ano. Claudiney ensina que a tradição pode ser realizada em qualquer lugar e é excelente para alimentar o universo.

"Pulinhos têm relação com os desejos. Cada pulo é uma oferenda, uma penitência. Você gasta a energia do seu corpo e alimenta o universo", explicou.

O místico ensina que a melhor forma de realizar a superstição é a seguinte: "encha sua taça de champanhe e, em seguida, dê três pulinhos sem derrubar nenhuma gota. Na sequência, jogue todo o conteúdo da taça para trás, sem olhar. Isso fará com que o passado seja, literalmente, deixado para trás sem arrependimentos". Cuidado, no entanto, para não acertar ninguém atrás de você!

Brinde com champanhe

John Patrick Fletcher via Getty Images
Brindar com champanhe é um sinal de lealdade.

Brindar com champanhe no Réveillon é uma das mais antigas tradições e não à toa. Diz a superstição que o brinde é um símbolo de realeza e alegria. E mais: se o champanhe for a primeira bebida consumida no ano, você atrairá energias positivas e felicidades.

Segundo o bruxo, o significado do brinde também está ligado à fidelidade e à confiança. "É o simbolismo de estabelecer um vínculo com a pessoa com quem está brindando para o ano que se inicia. Quando surgiu o brinde, ele era feito com muita força, a ponto de o líquido passar de uma taça para outra. Isso tinha uma razão: como ocorriam muitos envenenamentos naquela época, ao passar o líquido de uma taça para outra na hora do brinde você dava um sinal de confiança, pois, se um morresse, o outro também morreria. O brinde nada mais é do que uma conexão para fortalecer os vínculos com as pessoas que você quer ao seu lado no novo ano."

Com que cor eu vou?

Bigmouse108 via Getty Images
Preto, branco ou vermelho? A cor escolhida refletirá sua aura no Réveillon, alerta o especialista.

Passar o Réveillon de branco não é fundamental, mas pode ajudar se o que você estiver desejando para 2019 for paz. Outras cores, no entanto, também "ajudam" na busca por realizações na virada do ano. Amarelo significa dinheiro, vermelho é sinal de um novo amor, enquanto peças na cor azul costumam atrair tranquilidade. E aí: com que roupa você vai entrar em 2019?

Se ainda estiver em dúvida, leia a explicação de Claudiney Prieto para escolher seu look de Réveillon. "As cores alteram nosso humor e isso é explicado pela cromoterapia, pela ciência. O cérebro trabalha para que a cor que estamos usando seja transmitida para a nossa aura, e tudo o que conquistamos em nossa vida é por meio de um contato áurico, até mesmo seu parceiro ou parceira. Quando há uma atração entre duas pessoas, é porque vocês estão com a aura vibrando na mesma sintonia."

Sim à lentilha, mas não ao peru

chrisbrignell via Getty Images
Uma boa colherada de lentilha pode garantir prosperidade, dizem os supersticiosos.

Chegou a hora da ceia, a primeira refeição de 2019. E para dar uma forcinha a todas as outras superstições já cumpridas à risca, uma dica fundamental.

Diz a tradição que todos devem comer ao menos uma colherada de lentilha para que o ano que está entrando seja repleto de fartura e felicidade. Mas cuidado: nada de comer peru para acompanhar.

Como a simpática ave é um animal que cisca para trás, ingerir sua carne pode nos deixar empacados em 2019. Opte por um saudável peixe, pois o animalzinho sempre nada para a frente, não é mesmo?

Uvas, romãs e muitas frutas

Olga Guchek via Getty Images
Romã é uma das frutas que garantem prosperidade, mas só se você guardar os caroços...

Depois da colherada obrigatória de lentilha e de um peixinho saboroso, chegou a hora da sobremesa. Antes de mergulhar em pavês, mousses e panetones, dê uma atenção especial às frutas. Sua saúde financeira pode depender disso, dizem os supersticiosos.

"Uvas e romãs têm mais ou menos a mesma simbologia da lentilha, pois as sementes germinam. Guarde as sementes de 12 uvas em um pedaço de papel. São 12 porque é uma para cada mês do ano. Os romãs também simbolizam sorte e crescimento, além de união familiar. Guarde as sementes das 12 romãs em uma nota de real ou dólar. No ano seguinte, doe para alguém necessitado e repita a simpatia".

Claudiney ressaltou que todas as frutas que vêm em cachos, como as bananas, também são bem-vindas na mesa para a Ceia de Ano Novo, pois proporcionam união e harmonia familiar.

'Lave e leve' as energias ruins para fora de casa

AndreyPopov via Getty Images
Encha o balde com água e 'lave' as energias ruins, jogando tudo para fora de casa.

A última superstição garante que, ao jogar água no chão de casa e empurrar para fora com um rodo ou uma vassoura fará toda a energia ruim acumulada no ano que está se encerrando vá embora de uma vez por todas. "Lavar a casa de trás para a frente é expulsar as energias que não deseja mais", concluiu o bruxo.

E aí: está preparado para seguir uma (ou todas) as simpatias que acabou de entender um pouquinho melhor? Seja qual for a sua crença, o importante é fazer a sua parte para buscar um futuro e um Ano Novo muito melhor.