COMPORTAMENTO
27/12/2018 00:00 -02

As 8 tendências mais inesquecíveis da moda em 2018

A tendência oversized foi um dos destaques dos estilistas em 2018.

Getty
Balaclavas, tênis feios e casacos oversized estiveram entre as grandes tendências de 2018.

Com o final do ano chegando perto, reservamos um momento para refletir sobre algumas das tendências mais memoráveis da moda que emergiram em 2018 ou que não deram sinais de estar perdendo força neste ano.

Algumas delas, como uma influência forte dos anos 1980, parecem bastante padronizadas. A moda constantemente remete a décadas passadas; as tendências quase sempre chegam, desaparecem e mais tarde retornam. Outras tendências de 2018, como as balaclavas, foram um pouco menos comuns, mas igualmente memoráveis.

Para saber quais as tendências que realmente deitaram raízes conosco este ano, continue a ler.

1. Tênis feios

Getty

Os tênis feios estiveram em toda parte este ano, sendo às vezes descritos como "dad sneakers" (tênis do tipo usado por seu pai).

A tendência não chega a ser nova, mas não dá sinais de estar diminuindo. Bastou voltar os olhos ao Instagram este ano para ver que celebridades e influencers usaram e abusaram de seus tênis feios. Entre os tênis mais presentes no Instagram estiveram alguns de grifes de alto nível como Balenciaga e Louis Vuitton, mas não faltaram Nikes e Filas também.

2. Vinil

Getty
Modelos nas passarelas da Marni (esquerda) e Balmain (direita).

O plástico, sob a forma de vinil e PVC (sendo este um tipo de vinil), também marcou presença na moda este ano.

Essa tendência, que surgiu na moda inicialmente nos anos 1960, apareceu em várias passarelas na temporada de outono 2018 (nos desfiles da Balenciaga, Christopher Kane e Marni), além das coleções da primavera 2019.

Podemos apostar que o vinil ainda não se esgotou.

3. Balaclavas

Getty
Balaclavas da Gucci (esquerda e extrema direita) e da Calvin Klein (foto do meio).

Uma das tendências mais estranhas a emergir da temporada de outono/inverno 2018 é a das balaclavas. E, para falar a verdade, adoramos as ditas cujas.

Esses gorros justos – essencialmente são máscaras de esqui – cobrem todo o rosto e o pescoço exceto pelos olhos, a boca e às vezes o nariz. Várias versões da balaclava foram vistas nas passarelas do outono 2018. Tivemos as versões de tricô da Calvin Klein, as máscaras de rosto da Gucci e os híbridos de balaclava e chapéu de camurça da Christian Dior.

4. Casacos absurdamente oversized

Getty
Casacos simplesmente enormes da Balenciaga.

Os casacos oversized – às vezes tão grandes que ficam até cômicos – são literalmente uma das maiores tendências que surgiram no outono 2018.

A versão que foi de longe a mais comentada foi criada pela Balenciaga. O estilista Demna Gvasalia mandou suas modelos à passarela usando casacos absurdamente grandes feitos de várias camadas diferentes. Os casacos deram origem a inúmeros memes hilários, incluindo uma comparação mais que pontual com um look particular de Joey Tribbiani em "Friends".

Estilistas como Marc Jacobs e Raf Simons (da Calvin Klein) também aderiram à tendência do outerwear enorme.

Uma coisa é inegável: é uma das tendências mais aconchegantes do inverno.

5. Salto gatinha

Getty
Em sentido horário a partir da esquerda: kitten heels da Miu Miu, Molly Goddard e Acne Studios.

Os kitten heels, ou saltos gatinha, reapareceram na temporada de verão 2018. Se você aderiu a essa tendência, seus pés devem estar agradecendo.

Algumas pessoas questionam se esses saltos baixinhos são realmente estilosos ou não, mas uma coisa é inegável: eles resistiram à prova do tempo. Vimos modelos percorrerem as passarelas do outono 2018 usando kitten heels diversos, incluindo nos desfiles da Givenchy, Christopher Kane, Miu Miu e outras grifes.

Esses saltos baixinhos – geralmente têm menos de cinco centímetros – são muito melhores para se andar do que saltos muito altos, especialmente por períodos longos.

"De uma perspectiva biomecânica, caminhar usando kitten heels exige menos do corpo", disse a cirurgiã e podóloga Dr. Rebecca Pruthi ao HuffPost este ano. "Os saltos gatinha são uma ótima alternativa aos saltos muito altos."

Richard Bord via Getty Images
Modelo usa chapéu ultragrande no desfile de primavera/verão 2018 da Jacquemus.

Como os casacos, também os chapéus ganharam uma atualização oversized no verão deste ano. Na realidade, estamos falando em MUITO oversized.

A versão que mais chamou a atenção foi apresentada pela grife Jacquemus. Seu chapéu gigante La Bomba, de US$697, usado por gente como a modelo Emily Ratajkowski e a it-girl Emma Rosenzweig, é um EEG ao quadrado. A Vogue chegou a atribuir o nascimento da tendência à Jacquemus.

Chapéus imensos foram vistos também nos desfiles de Vivienne Westwood, Missoni e Valentin Yudashkin.

7. O revival dos anos 1980

Getty
Da esquerda à direita: Versace, Givenchy, Marc Jacobs, Saint Laurent.

Muitas das coleções do outono 2018 mergulharam no clima dos anos 1980. Ou seja, vimos toneladas de babados, ombreiras, calças de cintura alta e cinturinhas acentuadas.

Uma das referências mais óbvias à década das faixas de cabelo e do new wave veio da Marc Jacobs, que exibiu uma coleção outono 2018 com casacos oversized em tons de azul e rosa forte, além de vários vestidos de tafetá que teriam ficado muito à vontade em um baile de formatura dos anos 1980.

8. Babados e mais babados

Getty
Da esquerda à direita: Alexis Mabille, Giambattista Valli, Giambattista Valli

O oversized foi claramente um dos grandes temas das pranchetas dos estilistas em 2018. Além dos casacos enormes e chapéus extragrandes, também vimos inúmeros looks com rendas e babados em abundância. Alguns dos looks que viraram nossos favoritos são do desfile de alta-costura de Giambattista Valli, em que as modelos percorreram a passarela em vestidos de tule de cores fortes e com muitos babados.

A tendência também foi vista em várias coleções para a primavera 2019, incluindo as da Marc Jacobs e Rodarte. Como a moda com plástico, os babados não devem desaparecer tão já.

Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.