ENTRETENIMENTO
20/12/2018 19:13 -02 | Atualizado 15/01/2019 14:04 -02

'Tá no Ar' anuncia última temporada com foto cheia de referências escondidas

Em janeiro estreia a 6ª e última temporada do humorístico da Globo que faz rir na cara dos exageros e absurdos da televisão brasileira.

Globo / Estevam Avellar
Você consegue identificar todas as referências ao programa presentes na imagem acima?

O Tá no Ar chega ao fim em 2019. Em janeiro estreia a sexta e última temporada do festejado humorístico da Globo que faz rir dos exageros e absurdos da TV, e também da política, dos religiosos e da elite brasileira.

Para celebrar essa despedida (isso mesmo, o astral continua lá no alto), o elenco e dois dos criadores da atração - Marcius Melhem e Marcelo Adnet - resolveram posar para uma foto tanto irreverente quanto enigmática, que você vê com exclusividade no HuffPost Brasil.

Consegue identificar todas as referências ao programa presentes na imagem acima?

Se você não á fã de carteirinha do Tá no Ar, talvez esteja bem confuso neste momento. Mas não entre em pânico. Com a ajuda de Daniela Ocampo - redatora do humorístico desde a concepção do programa e uma das idealizadoras desse clique - você entenderá tudo o que está acontecendo com os atores e saberá o significado dos diversos elementos em destaque.

Em primeiro lugar, é preciso identificar quem é quem na imagem.

Em pé, da esquerda para a direita, estão: Mauricio Rizzo, Veronica Debom, Welder Rodrigues, Márcio Vito, Marcius Melhem, Renata Gaspar, Danton Mello e Luana Martau. Sentados, da esquerda para a direira, estão: Georgiana Góes, Marcelo Adnet e Carol Portes.

Ao HuffPost Brasil, Ocampo conta que a ideia inicial era criar uma dessas fotos típicas de séries de TV com todo o elenco, divulgadas antes da última temporada. Referências a finais de tramas muito comuns na TV (como casamento, viagem e morte de vilões) também deveriam ser usadas para contar a trajetória do programa na imagem. “Queríamos brincar com essas ideias de forma bem anárquica”, ela conta.

É por isso que o ator Mauricio Rizzo está fantasiado de morte; Veronica Debom está vestida como uma viajante e Welder Rodrigues aparece vestido de noiva ao lado de Márcio Vito, o noivo. Dentro dessa proposta de satirizar finais de histórias, Danton Mello aparece como um policial algemando Luana Martau, que tem o visual de uma típica vilã rica de novela das 9; já Georgiana Góes brinda com Carol Portes como se ambas estivessem em um réveillon.

Dessa salada de referências, apenas Marcius Melhem, Marcelo Adnet e Renata Gaspar escampam.

Melhem está caracterizado como o Padre vendedor da PoliGod, personagem que satiriza a empresa Polishop e o mercantilismo religioso. Adnet aparece na pele do personagem de visual fluido que causou comoção nacional na primeira temporada ao soltar spoilers de diversos filmes e séries de TV em uma paródia da música Royals, da cantora Lorde.

Já Gaspar está vestida de foca gigante, que aparecerá na última temporada do humorístico no esquete Jardim Urgente, apresentado pelo sempre exaltado Jorge Bevilácqua (Welder Rodrigues).

Os elementos em destaque e suas origens

Depois de saber o que cada integrante do elenco representa na foto-enigma, chegou a hora de descobrir o que são e de onde saíram os objetos espalhados por ela.

No fundo da imagem estão o pôster do do personagem Dr. SUS, interpretado por Melhem, a bandeira azul e cinza da escola de samba fictícia do humorístico e o mural do personagem Militante Revoltado. ”É onde ele anota suas teorias da conspiração’, conta Ocampo sobre o elemento cênico usado por Adnet na interpretação do personagem.

Do lado direito está a famosa Galinha Preta Pintadinha, versão nada ortodoxo da personagem infantil Galinha Pintadinha. Luana Martau segura uma bandeira do Burguer Kim Jong Un, referência a um sátira à rede de lanchonetes Burger King e o ditador norte-coreano, Kim Jong-un. Ocampo conta que o esquete “foi muito especial para todos os atores”, já que eles tiveram aulas de coreano e apresentaram o esquete no segundo idioma.

O aparelho de TV que aparece no canto inferior direito da imagem está sintonizado em um canal de áudio, que desde a primeira temporada aparece por poucos segundos no humorístico com os mais inusitados hits.

Pelo chão e sobre os cubos estão os brinquedos fictícios criados especialmente para os comercias do humorístico e que arrancaram boas risadas dos telespectadores, como o Playboymobil e o Comandos em Coligação. O cocar no canto inferior esquerdo é do índio de língua presa Obirajara Dominique (Adnet).

A referência visual da foto

Agora que todas as referências da foto-enigma estão mais ou menos organizadas na sua cabeça, é hora de saber que o excesso de informação na imagem, assim como a predominância do tom sépia, tem inspiração na capa de The Complete Basement Reels, caixa que reúne as Basement Tapes, as fitas gravadas das sessões de Bob Dylan na companhia da The Band, de 1967.

A “presença” do músico no registro que antecipa a última temporada de Tá no Ar pode ser considerada como o encerramento de um ciclo. Isso porque Dylan também serviu de inspiração para a estruturação do formato do programa.

Daniela Ocampo conta que ela, Marcius Melhem e a equipe de criação do humorístico encontraram no clipe interativo de Like a Rolling Stone, de 2013, a linguagem perfeita que queriam imprimir no humorístico, que estreou na Globo em abril de 2014.

O vídeo reproduz uma televisão retrô com 16 canais. Ao trocar de canal e assistir noticiários, desenhos e programas de culinário, você percebe que as pessoas que aparecem na tela – jornalistas, atores e personagens animados – estão na verdade cantando a canção de Bob Dylan.

“A gente levou o clipe para a direção para mostrar o nível de realismo que a gente queria imprimir no programa”, conta a redatora. Como é possível ver, a referência foi aprovada.