NOTÍCIAS
09/12/2018 20:02 -02 | Atualizado 12/12/2018 16:21 -02

River vence Boca de virada em Madri, é campeão da Libertadores pela 4ª vez e vai ao Mundial de Clubes da Fifa

Título conquistado na Espanha coloca clube como representante da América do Sul no último torneio do ano.

Denis Doyle via Getty Images
Quintero, herói do título do River Plate, é carregado no colo após marcar o gol da virada.

A Libertadores da América mais longa, polêmica e irônica de todos os tempos chegou ao fim neste domingo (9), com todos os ingredientes que a tradicional competição merece: gols, prorrogação, expulsão, virada de placar e um campeão bastante conhecido de quem acompanha o mais importante torneio de futebol entre clubes do continente: O River Plate.

Depois de sair atrás no placar da partida disputada no estádio Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid, na Espanha, o River Plate contou com o artilheiro Lucas Pratto, ex-jogador de São Paulo e Atlético Mineiro, para empatar a partida no segundo tempo e levar o jogo para a prorrogação.

Nos 30 minutos finais, após o colombiano Barrios ser expulso de campo e deixar o Boca Juniors com 10 jogadores em campo, coube a outro colombiano, Quintero, que entrou no decorrer da partida, marcar o gol que decretou a virada.

No finzinho da partida, em um contra-ataque, Martinez aproveitou que o goleiro do Boca estava na área rival para tentar o cabeceio, fez 3 a 1 e sacramentou a conquista do título.

O tradicional time argentino conquistou o campeonato pela 4ª vez em sua 6ª participação em finais e colocou fim ao sonho do rival Boca Juniors de alcançar o Independiente, também da Argentina, como maior vencedor de todos os tempos da competição, com 7 títulos.

Objetivo agora é o Mundial de Clubes

Agustin Marcarian / Reuters
Troféu da Libertadores já é do River Plate. Próximo objetivo é a taça do Mundial de Clubes.

O resultado deste domingo na Espanha também garantiu ao River Plate presença no Mundial de Clubes da Fifa, que será disputado nos Emirados Árabes e terá início já na próxima quarta-feira (12).

Campeão da Libertadores, o time argentino entrará somente na semifinal da competição, assim como o Real Madrid, dono do estádio da decisão deste domingo. O time espanhol é o atual ganhador da Liga dos Campeões da Europa e também tem o direito de disputar o Mundial a partir da fase semifinal.

O compromisso do River Plate no Mundial de Clubes está marcado para o dia 18 de dezembro, contra um adversário ainda a ser confirmado. O Real Madrid entrará em campo no dia seguinte, também contra um rival que não foi definido até esse momento.

Os clubes participantes do Mundial de 2018 são os seguintes:

Al Ain (Emirados Árabes)

Team Wellington (Nova Zelândia)

Chivas Guadalajara (México))

Espérance (Tunísia)

Kashima Antlers (Japão)

Real Madrid (Espanha)

River Plate (Argentina)