COMIDA
04/12/2018 07:05 -02 | Atualizado 04/12/2018 07:05 -02

Iogurtes escondem mais açúcar que você imagina. Como escolher o mais saudável

Muitas marcas de iogurte escondem alta concentração de açúcares na composição. Nutricionista explica como escolher iogurte saudável.

Por baixo do rótulo "saudável", a maioria das marcas de iogurte se parecem mais com sobremesas do que com um alimento realmente benéfico para a saúde. 
alexialex via Getty Images
Por baixo do rótulo "saudável", a maioria das marcas de iogurte se parecem mais com sobremesas do que com um alimento realmente benéfico para a saúde. 

Muitas pessoas veem o iogurte como um aliado para uma vida mais saudável. Rico em proteína, cálcio e probióticos, o iogurte é a escolha certa de nutricionistas para quem está em dieta ou procura melhorar suas hábitos alimentares.

Mas, por baixo do rótulo "saudável", a maioria das marcas disponíveis no mercado se parecem mais com sobremesas do que com um alimento realmente benéfico para a nossa saúde.

Um estudo publicado no jornal científico BMJ Open revelou que a maioria das marcas de iogurtes encontrada nos supermercados do Reino Unido contém altas quantidades de açúcares, muito mais do que o recomendado por nutricionistas. Mesmo as marcas orgânicas, muito relacionadas à alimentação saudável, tinham muito açúcar (cerca de 13 gramas de açúcar por 100 gramas de iogurte).

Aqui no Brasil, isso não é diferente. De acordo com a nutricionista Anielle D'Angelo, de fato, a maioria dos iogurtes vendidos no Brasil tem mais açúcar do que os consumidores imaginam.

"A proposta do iogurte está relacionada ao aumento da ingestão de proteína daquele consumidor, assim como a ingestão das chamadas 'bactérias do bem'", disse ao HuffPost. "Mas, tanto lá fora quanto aqui, a gente se depara com um aporte proteico mais baixo e maior quantidade de açúcar, mudando completamente o objetivo principal do iogurte."

Mas nem todos os iogurtes são ruins. Segundo D'Angelo, algumas marcas e tipos oferecem uma boa quantidade de proteína e carboidrato considerado "bom", que não causa pico glicêmico no sangue. "Se a proposta é melhorar a saúde, é preciso prestar mais atenção no rótulo nutricional do alimento", explica.

d3sign via Getty Images
Escolha do iogurte deve implicar tempo e análise.

Abaixo 3 dicas fundamentais para não errar na escolha de um iogurte realmente saudável.

1. Atenção ao rótulo

No supermercado, a dica é prestar atenção tanto na tabela nutricional, quanto na lista de ingredientes do iogurte. É no rótulo que você vai encontrar informações sobre o produto e verificar se ele é, de fato, proteico, probiótico e tem cálcio.

Lembre-se de que a ordem dos ingredientes está de acordo com a quantidade dele no produto, então os iogurtes mais açucarados e menos naturais terão o açúcar e produtos industrializados no tipo dos ingredientes.

Prefira iogurtes mais naturais, que têm poucos ingredientes, sem corantes nem conservantes.

2. Proteínas e bactérias 'do bem'

Se a proposta é aumentar a proteína (fundamental para aumentar ou manter a massa muscular), escolha iogurtes gregos, que costumam ter o macronutriente em maior quantidade.

Para saber se o iogurte é proteico, ele precisa ter, em média, entre 10 e 15 gramas de proteína em uma porção de 150 gramas.

No rótulo, você também vai verificar se o iogurte tem aqueles lactobacilos benéficos para o funcionamento do intestino, quais bactérias que compõem o iogurte, etc.

3. Qual carboidrato é usado

Não se deve só olhar a quantidade de carboidrato, mas o tipo dele. E isso você vai encontrar na lista dos ingredientes.

Muitos iogurtes são ricos em açúcar refinado, considerado o pior tipo de açúcar, como você pode conferir neste ranking elaborado pelo HuffPost. "Além de alimentar o aporte calórico, ele aumenta a carga glicêmica do produto."

O açúcar de coco e outros açúcares naturais, como mel, são os mais indicados pela nutricionista. "Evite o açúcar branco, mesmo sendo orgânico", reforça Anielle.

Se o iogurte usa adoçante, os mais saudáveis são o stevia e o xilitol. Mas o ideal, de acordo com a nutricionista, é consumir o iogurte sem qualquer adição de açúcar ou adoçante.

Se mesmo assim você preferir um iogurte com açúcar, a nutricionista alerta que a quantidade de açúcar não deve ultrapassar 6 gramas.