COMPORTAMENTO
28/11/2018 07:00 -02

O que as mulheres realmente pensam quando você chama suas ex de 'malucas'

Para muitas mulheres, isso é um alerta vermelho.

Natalie Portman disse: “Se um homem lhe disser que uma mulher é louca ou intratável, pergunte ‘o que você fez de ruim para ela?’”.
georgeclerk via Getty Images
Natalie Portman disse: “Se um homem lhe disser que uma mulher é louca ou intratável, pergunte ‘o que você fez de ruim para ela?’”.

"Louca" é uma palavra carregada de significados e que sempre foi usada para colocar em descrédito os sentimentos e as experiências das mulheres. Não é raro ouvir pessoas, especialmente homens, falar de suas ex companheiras usando esse adjetivo sexista.

"Pare com esse discurso de que uma mulher é louca ou intratável", pediu Natalie Portman este mês quando discursou no evento Power of Women, da Variety. "Se um homem lhe disser que uma mulher é louca ou intratável, pergunte 'o que você fez de ruim para ela?'."

Minha ex-namorada é maluca"

Isso é código para dizer: eu joguei com as emoções dela, acabei com sua saúde mental, lhe dei razões para sentir ciúmes, usei de gaslighting quando ela me cobrou, e, agora que ela está justificavelmente magoada e brava, eu falo mal dela, na esperança de que outros homens não a queiram e ela volte para mim.

Sim, pessoas de qualquer gênero podem se comportar de maneiras tóxicas ou erráticas que outros podem considerar "loucas". Mas usar esse termo repetidamente para descrever mulheres, especialmente no contexto de um relacionamento romântico, provavelmente revela mais sobre a pessoa que o faz que sobre a ex em questão.

Pedimos a mulheres que nos contassem o que pensam quando ouvem um homem falar de uma ex nesses termos. Vejo o que elas nos disseram:

Você não sabe assumir responsabilidade.

"Quando ouço um cara com quem estou saindo começar a fazer todo um discurso, dizendo que sua ex-namorada era maluca, eu interrompo e peço exemplos. Por que? Como? Qual foi sua reação? Quero saber qual papel ele exerceu no relacionamento com essa mulher, se ele a ajudou a cair na real, se ele trabalhou sobre o relacionamento para que sua parceira se sentisse acolhida e segura. Se ele coloca a culpa inteira na outra pessoa, para mim isso é um alerta vermelho gigantesco, um sinal de perigo." ― Jen Glantz

Você deve ser meio imaturo.

" 'Maluca' é um termo inflamatório, que deixa entender que a pessoa é irracional e que seu comportamento não tem explicação. Na minha experiência as pessoas raramente agem como 'doidas' sem alguma provocação. Uma coisa é se você tem um encontro ou um relacionamento com uma pessoa maluca e essa é uma exceção, mas se o homem deixa todo um rastro de ex-parceiras malucas para trás, o problema não está nelas. Está nele.

Eu tenho aquela mentalidade de 'sempre ficar ao lado do meu homem'. Antigamente eu namorava homens que descreviam suas ex-namoradas como doidas, mas agora sinto mais atração pelo tipo de homem que fala calmamente 'tivemos nossas diferenças, mas eu a respeito como pessoa'. A maturidade é uma qualidade sexy." ― Jen Ruiz

Você parece insensível, fala como se sua ex estivesse realmente enfrentando problemas de saúde mental.

"Eu encaro como sinal de perigo sempre que alguém rotula outra pessoa de 'maluca'. É de mau gosto comentar os problemas particulares ou as dificuldades de saúde mental de outra pessoa, apenas como diversão. E, na realidade, não quero ouvir ninguém falando de sua ex. Todos nós temos bagagem e dificuldades que vieram do passado. Eu estaria mais interessada em ouvir a pessoa com quem estou saindo se abrir sobre seus próprios problemas e o que ela está fazendo para tentar resolvê-los." ― Marzi Wilson

Isso me leva a questionar: o que você fez para ela?

"Quando uma pessoa com quem estou saindo fala de sua ex como sendo 'maluca', isso aciona um alarme na minha cabeça. Não um alarme comum, como de incêndio, mas mais o tipo de sirene que toca quando um tornado está chegando. Saí uma vez com um sujeito que me falou que todas suas ex eram loucas. Ele chegou a me dizer que uma jogou um tijolo no vidro de seu carro, espatifando o vidro, e outra arranhou seu carro com chaves. A primeira coisa queme veio à cabeça foi 'o que será que você fez que levou essas mulheres a sentirem tanta dor e insegurança que elas recorreram a esse comportamento?'. Isso me diz que o homem com quem estou saindo fez as mulheres se sentirem 'de valor menor' no relacionamento, de alguma maneira, e que não é alguém com quem eu queira continuar saindo." ― Valencia Morton

Quanto mais um cara chama sua ex-namorada de "maluca", mais ele a traiu.

Deve ser uma tentativa besta de sair bem na fita.

"Eu saía com um sujeito que vivia dizendo que sua ex era 'louca'. Na época, eu acreditei no que ele dizia, porque estava do lado dele. Mais tarde me dei conta que sua ex-parceira era apenas um ser humano que estava passando por uma fase estressante. E tenho certeza que ele queria proteger sua imagem, evitando qualquer possibilidade de ela e eu trocarmos figurinhas." ― Tara Eisenhard

Talvez você seja uma pessoa que curte um drama.

"Acho que todas nós em algum momento da vida já saímos com alguém que afirmou ter uma ex maluca. Quando ouço isso, fico me perguntando qual deles era na realidade a pessoa maluca. Será que existe alguma ex stalker se escondendo por aí, alguém de quem eu precise sentir medo? Ou será que é o meu namorado o maluco e que ele fala que sua ex-parceira é maluca apenas porque ela não quis mais continuar a aceitar as idiotices dele? De um jeito ou de outro, isso para mim é um grande alerta vermelho, porque não tenho paciência para lidar com drama." ―Eden Strong

Você pode estar querendo desviar a atenção de suas próprias falhas.

"Pela minha experiência, quando um homem descreve uma garota como 'louca' é porque ele a sacaneou e não quer que ninguém pense que foi ele quem agiu errado. Por exemplo, meu ex-namorado chamou de maluca uma menina que conheço, e eu fiquei muito desconfiada. Uns dias mais tarde a gente terminou o relacionamento. Perguntei à menina se ela o conhecia e assim por diante, e, pelo que ela me contou, o maluco era ele. Ela quase teve que pedir um mandato policial obrigando-o a manter distância dela." ― Ciara K.

A impressão é que você precisaria fazer um pequeno exame de consciência.

"Quando ouço isso, duas coisas passam pela minha cabeça: 'Você tem compaixão?' e 'você se enxerga?'. Penso primeiro na compaixão, porque se uma ex-parceira realmente tem problemas de saúde mental que precipitaram uma ruptura, chamá-la casualmente de 'louca' é cruel e representa um pouco-caso com as pessoas que enfrentam doenças mentais. Em segundo lugar, fico imaginando se a pessoa possui capacidade de autorreflexão, porque na maioria dos relacionamentos as duas pessoas carregam pelo menos parte da responsabilidade quando as coisas não dão certo. Então eu questiono se o cara é capaz de fazer uma autoavaliação sincera." ― Holly Martyn

Acho que vou manter distância de você.

"Eu fui a ex-namorada maluca. Sei disso porque depois que terminamos a gente ainda se viu algumas vezes (má ideia, eu sei), e eu voltei a olhar o telefone dele (outra má ideia). Meu número estava salvo no celular dele com o nome 'Vadia Doida e do Mal'. Mais direto do que isso, impossível.

Levei muito tempo para entender que uma garota que esse homem descreve como maluca é apenas alguém com quem ele já saiu ou já transou. Inicialmente, eu acreditei nele. Por que outra razão eles teriam terminado? Só podia ser porque ela o havia traído, porque ela era controladora ou alguma coisa assim. Depois de um ano e meio, por aí, percebi que não era isso. Era ele quem traía ou era controlador ou alguma coisa. Me pergunto muitas vezes se ele fez a mesma coisa com essas outras garotas que ele fez comigo." ― Aliyah Mallak

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.