NOTÍCIAS
25/11/2018 04:00 -02

6 motivos para acreditar que o Palmeiras será campeão brasileiro neste domingo

Time de Luiz Felipe Scolari depende de uma vitória simples sobre o Vasco para levantar a taça, mas pode ser campeão mesmo perdendo.

Miguel Schincariol via Getty Images
Dudu e Willian fazem parte de um dos ataques mais poderosos do País atualmente.

O torcedor do Palmeiras tem inúmeras razões para acreditar que seu clube confirmará o título de campeão brasileiro de 2018 neste domingo (25), dia em que o time terá pela frente o Vasco da Gama, em São Januário, a partir das 17 horas (de Brasília).

Líder isolado e incontestável da competição, com 74 pontos, o Alviverde está 5 à frente de seu principal perseguidor - e único com remotas chances de estragar a festa - o Flamengo.

Para confirmar a taça com uma rodada de antecipação, basta ao Palmeiras, time que mais vitórias tem no Brasileirão até agora (21), um simples triunfo contra os cariocas, que já foram derrotados 14 vezes na competição.

Se você, torcedor do Alviverde, ainda está desconfiado de que a taça pode tomar outro rumo nas duas rodadas finais do Campeonato Brasileiro, veja abaixo 6 motivos para acreditar que o troféu de 2018 já tem destino certo: A sala de troféus da Sociedade Esportiva Palmeiras.

Invencibilidade

LANCE!
Palmeiras ainda não perdeu no Brasileirão com Scolari.

Além de ser o time que mais venceu no Brasileirão, o Palmeiras também é o que menos perdeu. Foram apenas quatro os tropeços do time de Luiz Felipe Scolari desde o início da competição. E nenhum desde que o treinador substituiu Roger Machado no comando. Já são 21 partidas sem perder, recorde de uma equipe desde que o torneio passou a ser disputado no sistema de pontos corridos, em 2003.

Busca por marca histórica

A longa invencibilidade, que já é recorde na História do Brasileirão em pontos corridos, pode também se tornar a melhor do clube em Campeonatos Brasileiros. Até hoje, o maior período em que o Palmeiras ficou sem ser derrotado nessa competição aconteceu entre 1993 e 1994, época em que o clube contava com o patrocínio da Parmalat. Foram 23 jogos na ocasião, marca que será igualada caso a equipe não perca para Vasco e Vitória nas duas rodadas finais.

"Só coroa se formos campeões. Se não for campeão, não adianta nada. Podem ser 20, 21, 22 jogos, tem de ganhar e ser campeão. É isso que as pessoas podem não entender, dizendo que não é o correto, que jogar bonito é bom... Mas, se não vencer o campeonato, não adianta manter ou ter uma marca história. A história vai ser se ganharmos o campeonato", disse Felipão, em coletiva após o empate contra o Paraná.

Ataque arrasador

Paulo Whitaker / Reuters
Deyverson é um dos principais artilheiros do Verdão.

O torcedor palmeirense tem fé no ataque da equipe para vencer a partida de domingo e coroar o título sem sustos. E não é para menos. O setor ofensivo do time é, disparado, o melhor do Brasileirão, com 60 gols marcados. Willian, com 10 gols, Deyverson e Bruno Henrique, com 8 cada, são os principais artilheiros do Verdão no campeonato.

'Defesa que ninguém passa'

Alexandre Schneider via Getty Images
Zagueiro Luan também se aventura e faz gols para o Palmeiras.

O trecho do hino alviverde foi cumprido à risca na temporada. Tudo bem que não está correto afirmar que "ninguém passou" pelo setor defensivo do time, mas a zaga palmeirense é a menos vazada da competição, com 24 gols sofridos em 36 partidas. Se não tomar gols neste domingo contra o Vasco, a chance de a taça vir de forma antecipada aumenta consideravelmente.

Torcida contra... pero no mucho

MAURO PIMENTEL via Getty Images
Torcidas de Vasco e Palmeiras costumam se tratar bem e não têm histórico de brigas.

O Palmeiras terá direito a pouco mais de 1.000 ingressos para o duelo contra o Vasco em São Januário, mas isso não significa que o torcedor que se aventurar a ir ao Rio de Janeiro para acompanhar a partida será mal tratado pelos donos da casa.

As torcidas do Palmeiras e do Vasco são coirmãs, ou seja, costumam ser cordiais uma com a outra.

Chance de título mesmo com derrota

Caso o Vasco consiga a proeza de ser o quinto time a bater o Verdão na competição, não adiará, necessariamente, a festa do decacampeonato brasileiro.

O Palmeiras está tão tranquilo na liderança que pode, mesmo com uma derrota em São Januário, sair do Rio de Janeiro com o título brasileiro garantido.

Para isso, basta que o Flamengo, que atuará no mesmo horário diante do forte Cruzeiro, no Mineirão, não vença os donos da casa.

Como está cinco pontos atrás do Palmeiras na classificação, o Flamengo só manterá chances de buscar a taça se somar três. E isso se o Palmeiras não ganhar do Vasco. Caso o Verdão empate e o Flamengo vença, a diferença para a última rodada ficará em três pontos. E um simples empate do Palmeiras contra o Vitória selará a sorte do campeonato.

Motivos não faltam para o palmeirense preparar a festa e soltar o grito de "campeão" já neste domingo, e tudo indica que a "torcida que canta e vibra" não terá que esperar até 2 de dezembro, data da última rodada do Brasileirão, para confirmar o esperado título.