ENTRETENIMENTO
17/11/2018 08:29 -02 | Atualizado 17/11/2018 16:40 -02

'O Segredo de Davi': Nicolas Prattes como você nunca viu antes

Protagonista da novela "O Tempo Não Para" se empolga com estreia no cinema: "Quem me conhece vai se surpreender, quem não me conhece vai passar a me conhecer".

Nicolas Prattes interpreta serial killer em sua estreia no cinema.
Divulgação
Nicolas Prattes interpreta serial killer em sua estreia no cinema.

Nicolas Prattes é mais conhecido como o Samuca de O Tempo Não Para, atual novela das 19h da Globo. Mas mesmo celebrado como o galã do momento, o jovem ator carioca faz uma aposta arriscada logo em sua estreia no cinema. Ao invés dos papéis mais fofinhos, ele optou por interpretar Davi, um serial killer no suspense psicológico O Segredo de Davi, filme que marca também a estreia do diretor Diego Freitas em longas e que estreia nos cinemas no próximo dia 22 de novembro.

Na trama, Nicolas dá vida a Davi, um tímido estudante de cinema que é conduzido em uma jornada de crimes brutais após assassinar sua vizinha idosa, Maria (Neusa Maria Faro).

Nada que assuste o ator de apenas 21 anos, que vê no desafio de viver um personagem tão sombrio uma oportunidade perfeita para surpreender seus fãs e passar a ser conhecido por uma parcela do público que pode muito bem nunca ter ouvido falar dele. "Para um artista, quanto mais abrangente for seu público, melhor", argumenta Nicolas, que falou ao HuffPost Brasil sobre sua escolha e como foi sua primeira experiência no cinema. A seguir, os melhores trechos da entrevista.

Divulgação
Nicolas Prattes interpreta Davi, um tímido estudante de cinema que, traumatizado por um acontecimento do passado, entra em uma espiral de assassinatos.

HuffPost Brasil: Como foi estrear no cinema?
Nicolas Prattes: Foi lindo. Conheci pessoas realmente apaixonadas pelo que fazem. Você tem que amar mesmo o que se faz para trabalhar com cinema no Brasil. Conheci profissionais extremamente compromissados e muito unidos. Mesmo em um filme com temática tão pesada, o clima das filmagens sempre foi muito leve. E eu fui acolhido de uma forma que me emocionou. Mal conheço São Paulo. Nunca morei aqui. Não tenho nenhum amigo na cidade, e foi a equipe que cuidou de mim. Aprendi muito. Foi uma experiência que me amadureceu muito como ator e como pessoa.

Como foi se preparar para um personagem tão diferente dos que você está acostumado a interpretar?
Entre o começo das filmagens e das gravações para a novela [O Tempo Não Para], o Diego [Freitas, diretor de O Segredo de Davi] ensaiou comigo exaustivamente. Eram 6, 7 horas diárias de ensaio. E isso foi essencial, porque chegou ao ponto em que eu já tinha uma memória emocional do Davi. Era algo até instintivo. A chavinha virava muito naturalmente toda vez que íamos filmar. Essa cumplicidade com o Diego foi a chave para encontrar o personagem e realmente viver ele, alguém tão diferente de mim.

Era o tipo de desafio que eu queria. Começar no cinema interpretando um personagem como o Davi.

Você buscou inspiração em outros filmes ou personagens?
O Diego me passou algumas dicas de filmes que seriam interessantes, thrillers. Peguei algumas coisas daqui, outra dali, mas um que me marcou bastante foi O Abutre, como o Jake Gyllenhaal. Gostei muito do filme e ainda mais da interpretação dele.

Atualmente você é muito conhecido como o Samuca de O Tempo Não Para. Boa parte de seu público é de adolescentes. Como você acha que esse público vai reagir a um personagem como o Davi?
Para um artista, quanto mais abrangente for seu público, melhor. Não sei se meu público tenha uma faixa etária definida. Sou parado na rua por crianças de 12 ano a pessoas já idosas. Além disso, O Segredo de Davi é um filme de gênero, que possui um público específico e muito fiel que talvez nem me conheça. Acho que quem já me conhece vai se surpreender bastante e quem não me conhece ainda, vai passar a me conhecer. E isso é ótimo para um artista.

Divulgação
"O bichinho do cinema me mordeu", brinca Nicolas Prattes.

O Diego Freitas disse que estava com dificuldades para achar um ator para o papel de Davi e decidiu entrar em contato com você quando te viu em Rock Story. Mas ele não chegou diretamente em você. Como foi essa história?
Pois é, quem me falou primeiro sobre o filme foi minha avó. Ela achou o roteiro muito interessante e repassou para minha mãe [Giselle Prattes, que interpreta Sofia, a mãe do protagonista em O Segredo de Davi]. Ela passou a insistir para que eu lesse o roteiro, mas eu estava sem tempo nenhum. Estava no meio de Rock Story, que era uma loucura. Além de atuar, tinha que aprender a tocar guitarra. Eu simplesmente não tinha tempo. Mas depois de muita insistência da minha mãe, assim que consegui um tempo, peguei o roteiro em um final de semana e comecei a ler. Não consegui parar. Era o tipo de desafio que eu queria. Começar no cinema interpretando um personagem como o Davi.

E agora, pretende continuar fazendo cinema?
Com certeza! Fui mordido pelo bichinho do cinema. Adorei fazer cinema e trabalhar com pessoas tão apaixonadas e apaixonantes. Acho que é um veículo excelente para encarar desafios diferentes como esse do David. Podem esperar que logo estarei de volta com mais um filme.

Assista ao trailer de O Segredo de Davi aqui: