NOTÍCIAS
04/11/2018 16:16 -02 | Atualizado 05/11/2018 18:04 -02

Tema da redação do Enem é 'Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet'

Mais de 5 milhões de inscritos realizam o exame neste domingo (4).

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nas redes sociais o tema da redação do Enem 2018. Os mais de 5 milhões de inscritos terão que escrever neste domingo (4) sobre "Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet".

O texto deve ser dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas. Os candidatos devem desenvolver a redação a partir de uma situação-problema e de subsídios oferecidos pelos textos de apoio.

O Inep não divulgou quais foram os textos de apoio.

Em entrevista ao G1, o professor de redação do Sistema pH, Thiago Braga, afirmou que este não é um tema fácil "porque possibilita uma série de leituras que pode levar o aluno a uma direção diferente do que a banca quer".

Para ele, é importante que os alunos leiam com atenção os textos de apoio para que não caiam em armadilha. "Acredito que não esteja ligado diretamente à política, mas a como o comportamento do usuário da internet pode ser manipulado por meio de acesso aos dados dele", afirmou.

Em 2017, o tema da redação foi "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil". Assim como no ano passado, autores de textos que firam os direitos humanos podem perder até 200 pontos do teto de 1.000.

As redações serão corrigidas tendo como base cinco competências detalhadas na cartilha do inscrito.

O Enem 2018 começou a ser aplicado às 13h30 deste domingo, no horário de Brasília, em mais de 1,7 mil municípios de todo o Brasil. Ao todo, os estudantes terão 5h30 para realizar as provas de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, com 90 questões – além da redação.

No próximo domingo (11), os candidatos farão provas de de Química, Física e Biologia, a fim de concorrerem a vagas em universidades de todo o País.