ENTRETENIMENTO
04/11/2018 15:10 -02 | Atualizado 04/11/2018 15:22 -02

Enem 2018: Eles não chegaram a tempo e viraram estrelas no 'Show dos Atrasados'

"Cheguei uns 20 minutos antes pra me preparar. Fui ali comer um cachorro quente e quando voltei o portão tinha fechado."

As portas se fecharam às 13h e, como de costume, a internet ficou ansiosa pelo #ShowDosAtrasados.
Montagem/Reprodução/Twitter
As portas se fecharam às 13h e, como de costume, a internet ficou ansiosa pelo #ShowDosAtrasados.

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) será aplicado neste domingo (4) em mais de 1,7 mil municípios em todo o Brasil. Nessa primeira etapa, os inscritos farão provas de linguagem, ciências humanas e redação.

O tempo de prova será de 5 horas e 30 minutos.

Como manda a tradição, às 13h, horário de Brasília, os portões de escolas e instituições que aplicam a prova foram fechados, deixando muitos estudantes atrasados do lado de fora.

Nas redes sociais, esse "evento" é aguardado com grande expectativa e tem até uma hashtag especial: #ShowDosAtrasados.

Vale lembrar que em 2018, os estudantes tiveram que enfrentar uma nova barreira: o horário de verão que começou neste fim de semana.

Diferentes dos anos anteriores, nesta edição da prova a quantidade de atrasados que foram transformados em memes é menor.

Ao que tudo indica, a piada em torno da hashtag acabou por conscientizar os inscritos a não chegarem em cima da hora.

Isso não quer dizer que em 2018 não teremos memes.

A seguir, você acompanha os principais registros do #ShowDosAtrasados que circulam no Twitter neste domingo.

Temos aqui um estudante que vai ter que comer sua marmita em casa.

Estas jovens não chegaram a tempo, mas parece que está tudo bem.

Não se pode dizer o mesmo desta estudante.

Este rapaz perdeu o Enem por causa de um cachorro quente.

No #ShowDosAtrasados também há cenas de revolta.

E de tristeza sem fim.

É no dia do Enem que os inscritos descobrem que 1 minuto faz toda a diferença.

Este é um domingo para ser esquecido.

Esquecido por completo.

Mas uma coisa é certa: não se fazem mais atrasados do Enem como antigamente.