NOTÍCIAS
28/10/2018 12:07 -03 | Atualizado 28/10/2018 12:33 -03

'São Paulo vai dar recado firme em direção à verdade', diz Márcio França ao votar na capital

Candidato à reeleição, governador de SP diz estar confiante, mas que ainda não pode cravar a vitória.

"São Paulo vai dar recado firme em direção à verdade e à união', disse o governador de São Paulo e candidato à reeleição, Márcio França (PSB), ao votar na manhã deste domingo (28) em um colégio na região do Itaim Bibi.

Segundo a rádio Jovem Pan, França disse que está confiante em seu crescimento nas pesquisas, que apontam que ele está tecnicamente empatado com João Doria (PSDB), mas que não há como antecipar o resultado: "Tem que ter humildade para esperar resultado das urnas. Essa não é uma eleição tranquila".

Sobre seu adversário, o candidato do PSB rebateu a acusação de Doria, de que esta é a "campanha mais suja". "Quem é que sujou essa eleição? A mentira tem perna curta e, às vezes, o feitiço vira contra o feiticeiro", enfatizou França.

Números das pesquisas

As duas últimas pesquisas Ibope e Datafolha para a disputa ao governo de São Paulo, divulgadas neste sábado, na véspera do segundo turno, mostram um empate técnico entre Márcio França, candidato à reeleição, e João Doria.

Enquanto no Ibope eles aparecem com 50% dos votos válidos cada, no Datafolha, França está numericamente à frente de Doria, com 51% contra 49%, uma diferença dentro da margem de erro, de dois pontos para mais ou para menos.

O cenário, no entanto, é animador para França, que subiu três pontos percentuais nas duas pesquisas, e aparece pela primeira vez no Datafolha com mais intenções de voto que Doria.

Quando são considerados os votos nulos e brancos (9%) e os indecisos (7%) no Datafolha, França e Doria também aparecem tecnicamente empatados, com 43% e 42%, respectivamente. O mesmo ocorre no Ibope, que registra 43% para o atual governador e 42% para o tucano. A diferença está nos votos brancos e nulos, que somam 10% nesta pesquisa, e os indecisos, 5%.