POLÍTICA
18/10/2018 16:39 -03 | Atualizado 18/10/2018 16:39 -03

Após 'bolo' de Bolsonaro, Doria recebe apoio do general Mourão

Major Olímpio, presidente do PSL em São Paulo, disse que o general "só atrapalha" a campanha de Bolsonaro.

João Doria (PSDB), candidato do PSDB ao governo de São Paulo, posou para fotos com o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência, e agradeceu o apoio do militar à sua candidatura.

"Obrigado pelo apoio general Hamilton Mourão. Somos todos BolsoDoria", escreveu o tucano na legenda da foto, publicada nesta quinta-feira em seu perfil no Instagram.

Doria buscou o apoio formal de Bolsonaro, mas conseguiu suporte apenas do vice.

Na sexta-feira (12), o tucano viajou ao Rio de Janeiro na expectativa de gravar vídeos com o presidenciável, mas não foi recebido. O candidato optou pela neutralidade nos estados em que o PSL não disputa o segundo turno, mas, diante da repercussão do 'bolo', gravou um vídeo desejando "sorte" a Doria.

"No tocante ao Doria, quero agradecer o apoio dele. Eu sei que ele é oposição ao PT, somos oposição ao PT. E eu sei que o outro lado, o [Márcio] França, tem o apoio velado do PT. Então no momento eu desejo boa sorte ao Doria", disse Bolsonaro.

A declaração bastou para o tucano, que passou a explorar o vídeo e a expressão "BolsoDoria" em seu programa eleitoral na TV.

"Mourão só atrapalha"

A manifestação de Mourão a Doria irritou o presidente do PSL em São Paulo, senador eleito Major Olímpio, que apoia a candidatura de Márcio França (PSB) ao governo do estado.

"Mais uma vez o Mourão só atrapalha. Não traz nenhum voto para o Bolsonaro, mas cada vez que abre a boca tira um punhado", disse Olímpio à Folha de S.Paulo.