POLÍTICA
11/10/2018 17:29 -03 | Atualizado 11/10/2018 17:47 -03

'Antipetistas contra Bolsonaro' e outros filtros do Facebook que refletem o 2º turno

Entre "Haddad e Manuela 13" e "Bolsonaro 17", usuários criaram temas igualmente representativos para uma boa parcela da população brasileira.

Para muitos, este 2° turno das eleições presidenciais está sendo muito pior do que cenário de filme de terror -- principalmente para quem não se sente representado por Jair Bolsonaro (PSL), nem por Fernando Haddad (PT), mas mesmo assim sente que terá de escolher "um lado", em vista aos riscos que seus projetos de Brasil representam.

O momento turbulento é amplamente debatido nas redes sociais, sobretudo no Facebook, que é palco de fervorosas discussões e troca de ideias entre os petistas, os pró-Bolsonaro e aqueles que não são nem um, nem outro, mas querem se posicionar de alguma forma.

Outra ferramenta da mesma rede social aflorou um pouco mais os ânimos: os conhecidos "temas" que podem ser atribuídos às fotos de perfis dos usuários. Isso bastou para as pessoas criarem os mais diversos temas que lhe representassem -- inclusive aqueles que se sentem desamparados nestas eleições de extremos.

Entre "Haddad e Manuela 13", "Ele Não", "Bolsonaro 17", "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos", entre outras, existem os temas mais criativos e igualmente representativos para uma boa parcela da população brasileira:

"Antipetistas contra Bolsonaro"

Nos últimos dias, mais e mais pessoas aderiram ao movimento "antipetistas contra Bolsonaro", que nada mais é mostrar que rejeita o Partido dos Trabalhadores, e tudo que o partido do ex-presidente Lula representa, mas também se colocar contra os projetos considerados extremistas de Jair Bolsonaro, candidato que inúmeras vezes disparou falas machistas, homofóbicas e racistas.

"Modéstia às favas, eu acho "antipetistas contra Bolsonaro" uma grande sacada", resumiu um usuário. "De uma só vez, você se posiciona contra um fascista ante o qual -- na minha opinião -- não cabe ficar neutro e, ao mesmo tempo, funde a cuca da figura mais chata do cenário político nacional, que é o petista fanático", explicou.

"Prefiro pagar a multa"

Outro movimento, que na verdade é mais uma brincadeira, é o tema "Prefiro a multa. PQP" -- uma clara oposição aos candidatos neste 2° turno.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o valor cobrado do cidadão a cada ausência nas eleições é de apenas R$ 3,51. Mas, vale ressaltar que a falta em três turnos consecutivos cancela o título de eleitor, o que pode causar problemas para inscrição em concurso público ou para tirar passaporte.

"Vocês são muito chatos"

Para quem realmente não aguenta mais essa polarização que se instaurou nas discussões das redes sociais, outros usuários criaram o tema "desabafo" e mandaram a real.

Porém, alguns usuários criticaram o filtro do Facebook. "Queria ter esse privilégio de poder colocar 'Vocês são muito chatos' no filtro da foto de perfil. Mas tenho que continuar lutando pela minha existência todo minuto", disse um internauta LGBT, se referindo aos recentes casos de violência envolvendo apoiadores de Bolsonaro. Até o momento, foram registrados mais de 50 ataques contra críticos do candidato do PSL em todo o Brasil.