NOTÍCIAS
10/10/2018 11:53 -03 | Atualizado Há 2 horas

Médicos proíbem participação de Bolsonaro em debates do 2º turno

Fernando Haddad (PT) disse que iria até a enfermaria para encontrar o adversário.

Jair Bolsonaro não vai participar dos debates do 2º turno na televisão.
Reuters Photographer / Reuters
Jair Bolsonaro não vai participar dos debates do 2º turno na televisão.

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) não vai participar dos debates do 2º turno na televisão seguindo recomendação dos médicos que o acompanham.

De acordo com o cirurgião Luiz Macedo e o cardiologista Leandro Echenique, Bolsonaro ainda está com a saúde fragilizada e não deve retomar os compromisso da agenda de campanha.

Ele passou por uma avaliação nesta quarta-feira (10) e será avaliado novamente na semana que vem.

O foco do tratamento do candidato agora é na recuperação do seu peso. De acordo com os profissionais, Bolsonaro perdeu 15kg de massa corporal e precisa repor vitaminas. Ainda, ele vai precisar ficar com a bolsa de colostomia até, pelo menos, dezembro - quando completa três meses de recuperação das cirurgias.

Ao ser informado sobre a situação de Bolsonaro, Fernando Haddad (PT) disse que iria até qualquer enfermaria que o adversário estivesse para que pudessem se encontrar.

"Eu vou até uma enfermaria, na boa, fazer o debate porque nós temos que passar a limpo muita coisa", disse o petista em entrevista a jornalistas.

Haddad, ainda, disse que o objetivo do debate não era "estressar" Bolsonaro, mas fazer com que ele "fale o que pensa e debata sobre o País".

O quadro de Jair Bolsonaro é estável. O candidato foi submetido a duas cirurgias após ter sofrido um atentado com faca durante um evento da campanha em Juiz de Fora (MG), em 6 de setembro. Ele recebeu alta do hospital Albert Einstein em 29 de agosto, após um período de internação.