POLÍTICA
10/10/2018 12:20 -03 | Atualizado Há 4 horas

Horário eleitoral gratuito para o 2º turno começa na sexta-feira (12)

Tempo para cada candidato na disputa pelos governos estaduais e pela presidência será de 10 minutos diários.

Jair Bolsonaro e Fernando Haddad terão tempos iguais de programa gratuito na TV.
Reuters Photographer / Reuters
Jair Bolsonaro e Fernando Haddad terão tempos iguais de programa gratuito na TV.

O horário eleitoral gratuito no rádio e na TV recomeçará nesta sexta-feira (12) e vai até o dia 26 de outubro com a participação dos candidatos ao governo em 13 estados e no Distrito Federal, além dos dois que disputarão o 2º turno da presidência da República nas eleições 2018Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Cada candidato terá direito a 10 minutos diários de programa, que serão divididos em dois horários diferentes, tanto para as rádios quanto para as televisões.

Nas 14 praças em que os governadores não foram eleitos no 1º turno o horário eleitoral gratuito terá 20 minutos de duração e será exibido duas vezes por dia.

Nas demais, em que haverá votação apenas para presidente, o tempo dos programas será de 10 minutos, também em duas exibições diárias, conforme horários abaixo.

Rádios

7h às 7h10 e 12h às 12h10 (nas praças em que o governador já tenha sido eleito)

7h às 7h20 e 12h às 12h20 (nas praças em que haverá 2º turno para governador)

TVs

13h às 13h10 e 20h30 às 20h40 (nas praças em que o governador já tenha sido eleito)

13h às 13h20 e 20h30 às 20h50 (nas praças em que haverá 2º turno para governador)


A ordem de veiculação dos programas no retorno do horário eleitoral gratuito será definida por meio de um sorteio da Justiça Eleitoral e, nos dias seguintes, o primeiro a ser exibido será o que finalizou o dia anterior.

Inserções ao longo do dia

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além dos 10 minutos diários de programa, cada candidato ou coligação terá ainda um espaço de 25 minutos, de segunda a domingo, para inserções de 30 a 60 segundos em horários reservados nos rádios e nas TVs.

Candidatos multiplicam tempo no rádio e na TV

A ida para o 2º turno das eleições presidenciais permitirá ao candidato Jair Bolsonaro uma oportunidade inédita em sua campanha: Um tempo grande no rádio e na TV.

Durante sua caminhada até o pleito do 1º turno, o candidato do PSL teve direito a apenas 8 segundos de propaganda eleitoral gratuita, e concentrou a busca por votos na internet e nas mídias sociais.

Fernando Haddad, do PT, também terá um tempo bem maior de exposição agora em que o embate está restrito a apenas dois candidatos, passando dos 2 minutos e 23 segundos diários do 1º turno para os 10 que terão início na sexta-feira.