POLÍTICA
08/10/2018 20:25 -03 | Atualizado Há 2 horas

Cabo Daciolo diz que não apoia Bolsonaro nem Haddad no 2º turno

Deputado, que ficou em 6º lugar na disputa à Presidência, também agradeceu os votos de 1,3 milhão de eleitores.

Cabo Daciolo diz que ama e ora pelos adversários Bolsonaro e Haddad, mas que não os apoiará.
Reprodução
Cabo Daciolo diz que ama e ora pelos adversários Bolsonaro e Haddad, mas que não os apoiará.

Cabo Daciolo (Patriota), candidato derrotado à Presidência, fez uma transmissão ao vivo pela internet nesta segunda-feira (8) para agradecer os votos que recebeu e dizer que neste 2º turno não apoiará nem Jair Bolsonaro (PSL), nem Fernando Haddad (PT).

"Quero agradecer primeiro a Deus. Obrigado, senhor. Glória a Deus. Agradecer a 1,3 milhão de eleitores", disse.

"Quero deixar bem claro: Daciolo não apoia nenhum deles, nenhum deles. É tudo uma coisa só. Todos eles atuam para a Nova Ordem Mundial", continuou.

Daciolo disse que ama os adversários e que ora por eles, mas que nenhum dos dois o representa. "Eu não apoio nenhum deles. Respeito eles, amo eles, mas não apoio ficar 4 anos nas mãos desses homens."

"Um pregando o ódio, pregando a falta de amor ao próximo, e o outro querendo transformar o Brasil em uma Venezuela. Nenhum dos dois me representa, e eu não vou para o menos pior. Por quê? Porque o Deus que eu sirvo me diz assim: ou você vai ser quente ou você vai ser frio. Morno, não. Porque morno me dá vontade de vomitar", completou.

Ao longo de uma transmissão de 24 minutos, Cabo Daciolo disse que as urnas eletrônicas são "fraudulentas" e que irá nesta quarta (10) ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para pedir que a eleição seja anulada e que seja estabelecido o voto "em cédula".

"Meu Deus é maior. Eu vou ser o próximo presidente da República para honra e glória do senhor Jesus Cristo", encerrou.