POLÍTICA
07/10/2018 22:24 -03 | Atualizado 07/10/2018 22:24 -03

Wilson Witzel surpreende e vai com Eduardo Paes ao 2º turno na briga pelo governo do Rio

Candidato do PSC colou sua campanha em Bolsonaro, tirou Romário do páreo e foi o mais votado neste domingo (7).

Wilson Witzel foi o candidato mais votado no 1º turno das eleições para o governo do Rio.
AFP/Getty Images
Wilson Witzel foi o candidato mais votado no 1º turno das eleições para o governo do Rio.

A disputa pelo governo do Rio de Janeiro nas eleições 2018 contrariou o que as pesquisas apontavam e decretou a necessidade de um 2º turno com pouco mais de 97% das urnas apuradas .

O ex-prefeito Eduardo Paes(DEM) e o ex-juiz federal Wilson Witzel (PSC) fecharam esse domingo (7), data em que foi disputado o 1º turno do pleito, como os mais votados e deixaram o ex-senador Romário Farias para trás.

Witzel alcançou surpreendentes 41,2%, enquanto Paes teve 19,5% dos votos. Tarcísio Motta, do PSol, arrematou 10,7% do eleitorado carioca.

HuffPost Brasil

A grande surpresa, no entanto, foi o "chapéu" que o ex-senador e ex-jogador Romário Farias levou do candidato do PSC.

O apoio de Jair Bolsonaro a Witzel fez o candidato do PSC crescer assustadoramente nos últimos dias e ultrapassar Romário, que concorria ao governo pelo Podemos, mas teve somente 8,7% dos votos.

Witzel adotou em sua campanha o discurso de renovação política no estado e colou seus discursos ao deputado Jair Bolsonaro e ao filho do ex-capitão do Exército, Flávio Bolsonaro, que concorreu ao senado pelo Rio de Janeiro e foi o mais votado do estado.