POLÍTICA
07/10/2018 11:48 -03 | Atualizado 07/10/2018 11:57 -03

'Não deposite o ódio nas urnas', pede Guilherme Boulos (Psol) ao votar em São Paulo

Candidato do PSol à Presidência da República, votou na manhã deste domingo (7) no campus da PUC, em São Paulo.

Divulgação PSOL/Agência Brasil
Guilherme Boulos, candidato à Presidência pelo PSOL, chega na PUC acompanhado da família.

"Hoje é dia de votar sem ódio", disse Guilherme Boulos, candidato do PSol à Presidência da República, ao votar na manhã deste domingo (7) no campus da PUC (Pontifícia Universidade Católica), em Perdizes, bairro da Zona Oeste de São Paulo. O candidato chegou acompanhado de sua filha e esposa ao local.

"Não deposite medo, não deposite ódio nas urnas. Deposite teus sonhos. Vote no que você acredita", disse o candidato em conversa com jornalistas após registrar seu voto na urna, segundo a Agência Brasil. O ainda disse que "as eleições são uma oportunidade de renovar o parlamento brasileiro, renovar a política brasileira e votar com esperança".

O candidato, que também é líder do MTST, fez críticas ao líder das pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL). "Sempre estivemos nas ruas para barrar o atraso. Ele não, ele jamais. Não podemos brincar com país que está à beira do abismo. Ditadura nunca mais."

No último debate presidencial, realizado pela Rede Globo, Boulos respondeu uma pergunta de Fernando Haddad (PT), dizendo que, hoje, precisamos lembrar dos horrores da ditadura e lutar pela democracia. E repetiu: "Ditadura nunca mais". O vídeo do candidato viralizou nas redes sociais:

Guilherme Boulos nas pesquisas de intenção de voto

NELSON ALMEIDA via Getty Images
Guilherme Boulos (PSOL) participa de debate entre presidenciáveis na Rede Globo, em São Paulo.

O Ibope divulgou na noite deste sábado (6), véspera das eleições, mais uma rodada de pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República. Guilherme Boulos oscilou um ponto para cima, computando 1% das intenções de voto neste eleição. Veja o resultado completo da pesquisa.

Segundo o instituto, desde a última pesquisa divulgada na quarta-feira (3), o primeiro colocado, Jair Bolsonaro (PSL), cresceu 4 pontos, enquanto Fernando Haddad (PT), em 2 lugar, oscilou 1 ponto para baixo, segundo votos totais.

Já segundo a pesquisa Datafolha, também divulgada na noite deste sábado (6), o candidato do Psol se manteve estável, com 1% das intenções de voto. O candidato Jair Bolsonaro (PSL), primeiro colocado nas pesquisas, oscilou um ponto para cima, e chegou a 40% dos votos válidos; o segundo colocado, Fernando Haddad se manteve estável, com 25% dos votos válidos. Veja o resultado completo da pesquisa.