POLÍTICA
07/10/2018 08:54 -03 | Atualizado 07/10/2018 08:59 -03

Locais de votação: Descubra onde votar e se o seu colégio eleitoral mudou

TSE disponibilizou ferramenta que permite a eleitores descobrir locais de votação em todo o Brasil.

Sergio Moraes / Reuters
Colégio Ayrton Senna, no Rio de Janeiro, recebe população em sala de votação neste domingo (7).

Os eleitores que estão em dúvida com relação ao local de votação para o 1º turno das eleições 2018, realizadas neste domingo (7),podem conferir a informação antes de sair de casa.O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) disponibilizou uma ferramenta online na qual o eleitor pode buscar o local onde irá votar.

Para utilizá-la, basta inserir o nome ou número do título de eleitor, e o nome da mãe do eleitor. Com esses dados, a ferramenta informa o número de inscrição, os números da zona e da seção, o nome do local e o endereço do local.

Clique aqui e acesse a ferramenta do TSE.

A ferramenta é válida para todo o Brasil. O eleitor que souber qual é o seu local de votação poderá votar mesmo sem o título eleitoral em mãos das 8h às 17h, munido de um documento de identificação com foto.

Segundo o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral),os documentos aceitos como oficiais para que o cidadão consiga votar são os seguintes:

- Carteira de Identidade (RG)

- Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

- Passaporte (dentro da validade)

- Carteira de categoria profissional reconhecida por lei

- Carteira de Trabalho

- Certificado de Reservista

E se eu não votar?

Se o cidadão que é obrigado a votar faltar à eleição, ele terá que justificar o voto. Se não votar nem justificar, terá de pagar uma multa.

Caso não o faça, ficará impedido de se inscrever em concursos públicos, participar de concorrências, obter empréstimos em instituições financeiras do governo, receber remuneração de emprego público, obter passaporte ou carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimento público de ensino ou praticar qualquer ato para o qual seja exigida quitação do serviço militar (no caso dos homens) ou Imposto de Renda.