NOTÍCIAS
07/10/2018 11:07 -03 | Atualizado 07/10/2018 11:25 -03

Fernando Haddad (PT) vota na zona sul de SP entre panelaço e aliados

"Dia de eleição é normal esse tipo de manifestação. Desde que seja pacífica, não tem problema nenhum", disse o candidato sobre protesto.

AFP/Getty Images
Presidenciável chegou em escola na região de Moema acompanhado da esposa, Ana Estela Haddad.

Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência, votou na manhã deste domingo (7) na Brazilian International School, localizada em Moema, bairro da zona sul de São Paulo. Ele chegou à zona eleitoral pouco antes das 10h, acompanhado pela esposa, Ana Estela Haddad, e cercado por jornalistas.

De acordo com o Uol, o candidato foi recebido com panelaço de alguns vizinhos da escola. A militância presente respondeu cantando: "Bate panela, pode bater, quem tira o povo da miséria é o PT".

Sobre o protesto, o candidato disse: "dia de eleição é normal esse tipo de manifestação. Desde que seja pacífica, não tem problema nenhum".

Segundo o G1, antes de votar, Haddad participou de um café da manhã com Ana Estela e aliados na sede do Sindicado dos Metalúrgicos, no centro de São Bernardo do Campo, na região do ABC. Foi nesse local que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ficou de 5 a 7 de abril antes de se entregar à Polícia Federal para o cumprimento da pena do processo do triplex.

Entre os aliados que participaram do encontro com o candidato estavam o candidato do PT ao governo de São Paulo, Luiz Marinho, e o candidato ao Senado Eduardo Suplicy (PT). O presidenciável deve acompanhar a apuração das urnas em um hotel da capital paulista ao lado de colegas de partido, aliados de outras legendas e militantes do PT.

A intenção de voto em Ciro, segundo as pesquisas

NELSON ALMEIDA via Getty Images

Fernando Haddad aparece em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto no primeiro turno, atrás de Jair Bolsonaro (PSL).

O Ibope divulgou na noite deste sábado (6), véspera das eleições, a última rodada de pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República.

Segundo o instituto, desde a última pesquisa divulgada na quarta-feira (3), o primeiro colocado, Jair Bolsonaro (PSL), cresceu 4 pontos, enquanto Fernando Haddad (PT), em 2 lugar, oscilou 1 ponto para baixo, segundo votos totais.

Jair Bolsonaro (PSL) continua na frente; ele tinha 32% e agora aparece com 36% das intenções de voto. Atrás dele, em 2º lugar isolado, está Fernando Haddad (PT), que oscilou um ponto para baixo: de 23% foi para 22%. Bem atrás do petista, Ciro Gomes (PDT) está na terceira posição e manteve os 11%.

Veja os números dos demais candidatos clicando aqui.

Já segundo a pesquisa Datafolha, divulgada também na noite deste sábado (6), Jair Bolsonaro (PSL) oscilou um ponto para cima, e chegou a 40% dos votos válidos; o segundo colocado, Fernando Haddad se manteve estável, com 25% dos votos válidos. Em um eventual segundo turno, também segundo a pesquisa, os candidatos estão tecnicamente empatados.

Ainda segundo os votos válidos, Ciro Gomes, tem 15%. Quando se incluem os totais, em que votos brancos, nulos e indecisos são contabilizados, o cenário é o seguinte: em 2 dias, Bolsonaro cresceu 1 ponto e foi de 35% para 36%. Haddad tinha 21% e agora tem 22%. Ciro Gomes (PDT), que estava estagnado nas últimas pesquisas, saiu de 11% para 15%.

Veja os números os demais candidatos clicando aqui.