POLÍTICA
07/10/2018 10:10 -03 | Atualizado 07/10/2018 10:12 -03

Ciro Gomes vota no Ceará e promete 'Brasil melhor' para neta, Maria Clara

Esta é a terceira vez que Ciro Gomes se candidata à Presidência. Ele também se candidatou em 1998 e 2002.

Nacho Doce / Reuters
Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT, vota ao lado de sua neta, Maria Clara, em Fortaleza (CE).

Ciro Gomes, candidato à Presidência da República pelo PDT, votou na manhã deste domingo (7), no prédio da secretaria estadual da Saúde, em Fortaleza (CE), por volta da 9 horas da manhã.

Acompanhado da neta, Maria Clara, ele posou para fotos após registrar o voto e disse estar otimista e com esperança para o resultado do 1º turno das eleições.

"Estou bastante otimista com muita esperança de que o Brasil seja iluminado por Deus nesta hora tão difícil, e que o Brasil possa ser o instrumento que Deus faz usar para nação brasileira se proteger da violência e do radicalismo", disse o candidato, segundo o UOL.

Ao lado da neta Maria Clara, ainda segundo o UOL, ele disse: "vovô vai votar para fazer um Brasil melhor para você, ok?".

Esta é a terceira vez que Ciro se candidata à Presidência. Ele também se candidatou em 1998 e 2002. Segundo as pesquisas Ibope divulgadas entre quinta (4) e sexta-feira (5), Ciro Gomes é o candidato líder no Ceará.

A intenção de voto em Ciro, segundo as pesquisas

Sergio Moraes / Reuters
Ciro Gomes faz comício na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, em 5 de outubro.

O Ibope divulgou na noite deste sábado (6), véspera das eleições, mais uma rodada de pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República.

Segundo o instituto, desde a última pesquisa divulgada na quarta-feira (3), o primeiro colocado, Jair Bolsonaro (PSL), cresceu 4 pontos, enquanto Fernando Haddad (PT), em 2 lugar, oscilou 1 ponto para baixo, segundo votos totais.

Jair Bolsonaro (PSL) continua na frente; ele tinha 32% e agora aparece com 36% das intenções de voto. Atrás dele, em 2º lugar isolado, está Fernando Haddad (PT), que oscilou um ponto para baixo: de 23% foi para 22%. Bem atrás do petista, Ciro Gomes (PDT) está na terceira posição e manteve os 11%.

Veja os números dos demais candidatos clicando aqui.

Já segundo a pesquisa Datafolha, divulgada também na noite deste sábado (6), Jair Bolsonaro (PSL) oscilou um ponto para cima, e chegou a 40% dos votos válidos; o segundo colocado, Fernando Haddad se manteve estável, com 25% dos votos válidos. Em um eventual segundo turno, também segundo a pesquisa, os candidatos estão tecnicamente empatados.

Ainda segundo os votos válidos, Ciro Gomes, tem 15%. Quando se incluem os totais, em que votos brancos, nulos e indecisos são contabilizados, o cenário é o seguinte: em 2 dias, Bolsonaro cresceu 1 ponto e foi de 35% para 36%. Haddad tinha 21% e agora tem 22%. Ciro Gomes (PDT), que estava estagnado nas últimas pesquisas, saiu de 11% para 15%.

Veja os números os demais candidatos clicando aqui.