ENTRETENIMENTO
06/10/2018 16:14 -03 | Atualizado 06/10/2018 16:24 -03

Maniac: Aqui estão 11 detalhes ocultos e 'easter eggs' da nova série da Netflix

A série dirigida por Cary Fukunaga está repleta de pistas que podem passar despercebidas facilmente.

Divulgação
Jonah Hill and Emma Stone em 'Maniac'.

ATENÇÃO: Este texto contém spoilers

Se você está lendo isto, supomos que seja porque já assistiu a todos os 10 episódios de Maniac, série da Netflix. E, se você for como nós, depois de chegar ao fim da série vai precisar de um tempinho para respirar fundo e refletir sobre tudo que acabou de ver.

A partir do momento em que foi anunciado, era evidente que Maniac seria um ataque frontal aos nossos sentidos. Temos o prazer de observar que a série mais que cumpriu nossas expectativas, graças às viradas constantes em cada novo ambiente, período de tempo e universo que nos foram apresentados quando mergulhamos mais fundo na mente de Owen (Jonah Hill) e Annie (Emma Stone).

Mas, com tanta coisa para absorver, alguns detalhes inevitavelmente terão passado batidos. Por isso reunimos alguns de nossos detalhes e easter eggs (termo em inglês que define segredos escondidos em programas, sites ou jogos eletrônicos) favoritos sobre a série...

A caixa de papelão no início

Netflix

Quando primeiro conhecemos Annie, ela estava passando por uma caixa de papelão na rua, o lugar onde ela primeiro topou com o livro "Dom Quixote". O livro virou um tópico recorrente na série, primeiro quando Annie disse que queria lê-lo antes de participar do ensaio clínico (ela seria vista mais adiante olhando o livro, encarnando Linda em sua primeira "reflexão") e mais tarde, em outra sequência de fantasia, ela saiu à procura do capítulo que estava faltando.

Mas o que você talvez não tenha notado foi que a caixa de papelão também continha um cubo mágico, outro elemento central da série que seria utilizado mais adiante por Owen para "salvar o dia", nas palavras de Gertie.

Números

Netflix

Os números de paciente 1 e 9 reaparecem várias vezes nas sequências de reflexão dos personagens principais, começando quase imediatamente quando Annie (como Linda) foi a paciente 9. Enquanto isso, Owen, como Bruce, é visto usando camiseta de jogador de futebol com o número 1.

Em outra sequência, Owen foi levado à mesa 9, e na sequência "comprimido C" os dois entram no elevador no nono andar.

Alguns títulos bem criativos

Netflix

A entrada do Dr Mantleray (você sabe qual) foi tão ... diferente que você pode ter se deixado distrair pela peruca torta dele e o robô sugador SuckTube que talvez não tenha prestado atenção aos detalhes menores.

Se for fato, o que você pode não ter percebido são alguns títulos pornô paródicos incluindo Jane Derrière e Beasts of Urination, sendo esse último um trocadilho com o título do filme original da Netflix "Beasts of No Nation". Também vimos que o doutor é leitor da revista Paraphilic Weekly (Semanário de Parafilia).

Netflix

Os títulos dos livros da mãe dele são igualmente inventivos, incluindo See You See Her See We (Ver Você Ver Ela Ver Nós) e o ótimo I'm OK, You're A Bitch (Eu sou tudo bem, você é uma vagabunda).

E já que estamos falando disso, também ficamos impressionado com uma falsa manchete do New York Post no final da série: Pissed Off! Details leak in Milgrim urine trial (quase intraduzível, mas literalmente, sem os trocadilhos, é algo como "Irritados! Vazem detalhes do ensaio de urina da Milgrim").

Netflix

Touché.

Elfos

Netflix

Ficamos sabendo quase no início que a falecida irmã de Annie adorava filmes de fantasia épicos. Em seu flashback de um motel, as duas estão assistindo juntas a um filme que parece algo de Tolkien.

Fica claro que isso é algo que a personagem de Emma Stone continua a curtir. Os filhos de Linda foram vistos desenhando um elfo no episódio dos anos 1980, enquanto uma sequência posterior é ambientada quase inteiramente em um mundo de fantasia medieval.

Os brincos de Linda

Netflix

No episódio 4, a primeira reflexão do "comprimido B", Annie foi reimaginada como Linda. Na metade do episódio ela é vista usando brincos semelhantes ao emblema da Neberdine, e sua roupa de enfermeira tem estampa de arco-íris.

Não pudemos deixar de notar que o patch usado pelo funcionário do setor de Pescado e Fauna tem o mesmo formato e está na mesma posição que os dos cientistas da clínica.

"Hank"

Netflix

Quando Annie é vista em uma de suas reflexões ouvindo o programa de rádio da Dra. Greta, ouvimos um homem chamado Hank ligando ao programa para falar de um problema envolvendo suas duas filhas.

A voz de Hank é a do ator Hank Azaria (mais conhecido pelos vários personagens que ele dubla em "Os Simpsons"), que também faz o pai de Annie (cujo nome, por sinal, também é Hank), então é dele a voz que ouvimos tão rapidamente.

Gimlets

Netflix

Já no primeiro flashback de Owen ficamos sabendo que ele adora gimlet (um coquetel), e suas versões reimaginadas, Ollie e Snorri, também (aliás, Snorri pode ter matado um extraterrestre sem querer com um gimlet).

Ah, caso você esteja curioso, o gimlet é é feito com gim, suco de limão e água com gás.

Wendy

Netflix

O nome Wendy foi apresentado ao espectador inicialmente como sendo o de uma lêmure fêmea no episódio "Furs by Sebastian", mas personagens em reflexões posteriores também foram chamados de Wendy, geralmente de passagem.

Depois que Owen e Annie deixaram o ensaio clínico, ela usou o pseudônimo "Wendy Lemuria" quando tentou tirá-lo da clínica psiquiátrica onde sua família o havia internado.

Os filhos de Owen e Olivia

Netflix

Quando Owen imagina como sua vida poderia ter sido se ele tivesse acabado ficando com Olivia, ele se vê em um seu apartamento da vida real, ao lado de muitas crianças, que ouvimos Olivia chamando de Ásia, Antártida, África e Austrália.

Mais tarde ela menciona que há sete filhos ao todo, o que nos leva a imaginar que América do Sul, Europa e América do Norte devem estar por aí em algum lugar.

"Ceci... c'est une pipe"

Netflix

A segunda parte da série inclui várias referências à pintura surrealista A Traição das Imagens, conhecida especialmente por seu slogan "ceci n'est pas une pipe" (isto não é um cachimbo).

Durante a fantasia "comprimido C" de Owen, inspirado em gângsters, a mensagem foi adaptada para "ceci n'est pas une drill" ("isto não é uma furadeira"), também o título de episódio precedente. E em seu último

Música

Netflix

A música é usada de modo muito intencional ao longo de toda a série. Isso se nota especialmente nos episódios "Furs by Sebastian" e "Exactly Like You", em que a canção "Exactly Like You" é entremeada entre os dois, ou para ser o modo que Gertie escolhe para levar Owen e Annie a acreditar que estão destinados a ficar juntos, ou para ela dar vazão à sua tristeza.

Do mesmo modo, a faixa de rap "My Mind's Playing Tricks On Me" foi ouvida na sequência de gângsters (nem precisa adivinhar porque foi tão apropriada).

Quando primeiro conhecemos Bruce e Linda, ouvimos "Illegal Smile", da John Prine, cuja letra fala em possuir "a chave para escapar da realidade".

Mas nosso favorito pessoal é o fato de Jed ter tocado "Every Breath You Take", do The Police, com Trudie Styler ( a mulher de Sting na vida real) a poucos passos de distância, fazendo o papel de sua mãe.

Maniac está disponível na Netflix.

Este texto foi publicado originalmente no HuffPost US e traduzido do inglês.

Photo gallery12 Filmes muito ruins na Netflix See Gallery