ENTRETENIMENTO
04/10/2018 14:43 -03 | Atualizado 04/10/2018 15:15 -03

'A Casa Que Jack Construiu': Eis o trailer do novo (e controverso) filme de Lars von Trier

Filme é um dos destaques da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

'A Casa Que Jack Construiu' estreia nos cinemas em 1º de novembro.
Divulgação
'A Casa Que Jack Construiu' estreia nos cinemas em 1º de novembro.

Crueldade, violência e sangue, muito sangue. Esses são alguns componentes do trailer de A Casa Que Jack Construiu, novo filme do controverso diretor dinamarquês Lars von Trier - que terá sua primeira exibição no Brasil dentro da programação da 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

O filme conta a história de Jack (Matt Dillon), um sujeito que na década de 70 descobre o prazer pelo assassinato após matar uma mulher em um acidente na entrada. Ao longo de 12 anos, ele torna-se um serial killer frio, que vê cada assassinato como uma obra de arte.

No vídeo divulgado nesta quarta-feira (09), é possível ver algumas das ações sórdidas do personagem, que guarda os vítimas mortas em um grande frigorífico. Assista no player abaixo:

Na trama, o protagonista compartilha com o sábio e desconhecido Verge (Bruno Ganz) seus problemas, pensamentos e sensações, além da descrição de 5 assassinatos que mostram seu aperfeiçoamento como assassino em série.

O thriller reúne elenco estelar. Além de Dillon no papel principal, estão presentes Uma Thurman, Siobhan Fallon Hogan, Sofie Gråbøl e Riley Keough – todas interpretando vítimas de Jack.

Divulgação

Este não é o primeiro trabalho da maioria das atrizes com o diretor que já foi banido de Cannes por declarações nazistas. Uma já trabalhou com o diretor em Ninfomaníaca (2013), Fallon atuou em Dançando no Escuro (2000) e Dogville (2003); já Sofie fez parte do elenco de O Grande Chefe (2006).

Por falar em Cannes, o filme foi exibido no prestigiado festival francês em maio deste ano. A sessão, porém, foi abandonada por mais de 100 espectadores, devido às cenas de violência extrema.

Em reações compartilhadas no Twitter, o filme chegou a ser classificado como nojento. Houve também quem afirmasse que a produção "dá vontade de vomitar".

Lars von Trier comentou o episódio em entrevista ao site Adoro Cinema:

"Eu gostaria que 200 pessoas tivessem ido, em vez de 100. E que todas elas vomitassem ao mesmo tempo. Eu acho que provavelmente foi um pouco exagerado. Mas, para mim, está tudo bem. Para se ter uma desistência você tem um processo de pensamento (...) Eu respeiro muito aqueles que desistiram. É muito justo, eu talvez fizesse o mesmo."

A Casa Que Jack Construiu estreia nos cinemas brasileiros no dia 1º de novembro.