POLÍTICA
05/10/2018 20:00 -03 | Atualizado 28/10/2018 09:08 -03

Como anular, como justificar, o que é voto útil? As principais dúvidas das eleições 2018

Confira respostas para as 5 perguntas mais populares no Google para este 2º turno das eleições.

Reuters
Segundo turno acontece neste domingo, dia 28 de outubro.

Está chegando a hora de exercer a cidadania e voltar às urnas nas eleições 2018. Às vésperas do segundo turno, algumas das perguntas mais populares no Google continuam na cabeça dos eleitores, de acordo com o Google Trends (ferramenta que exibe os termos mais buscados).

Pensando nisso, o HuffPost Brasil preparou um guia rápido para responder às dúvidas mais comuns do último mês.

Como votar em 2018?

As eleições gerais acontecem de 4 em 4 anos e, ao contrário do que acontece no pleito municipal, o eleitor fez 6 escolhas no primeiro turno: 1 presidente, 1 governador, 2 senadores, 1 deputado estadual (ou distrital) e 1 deputado federal.

Por conta disso, o termo "como votar em 2018" é um dos mais buscados no Google. E para votar corretamente, o mais importante é saber qual a ordem que aparecerá na tela da urna.

No segundo turno, a depender de onde você mora, são dois cenários possíveis. Se em seu estado houve disputa em segundo turno para governador, você vota primeiro para governador — são 2 dígitos — e depois para presidente — novamente 2 dígitos.

Se em seu estado o governador já foi eleito em primeiro turno, então, você só vota para presidente desta vez.

Ao término de todas as opções, a urna eletrônica emitirá um sinal sonoro, e a palavra "FIM" aparecerá na tela, confirmando que todos os votos foram registrados.

Como anular o voto?

Esse é um dos questionamentos campeões no Google. E a resposta para o eleitor que não está se sentindo confortável em votar a favor de nenhum candidato é muito simples.

Jamil Bittar / Reuters
Votar em um número de candidato inexistente (como o mostrado na foto) é uma forma de anular seu voto.

Há duas formas de anular o voto. O primeiro, e mais fácil, é simplesmente digitar uma sequência de números 0 (zero) na hora de votar para qualquer cargo. Apertando a tecla "CONFIRMA" após cada voto, esses votos serão anulados.

A segunda maneira de votar nulo é digitar um número que não pertença a nenhum candidato, mas essa é uma opção um pouco menos "segura", pois, como há uma quantidade grande de candidaturas, a chance de votar em alguém sem querer é grande.

Como votar em branco?

Apesar de a resposta para tal questionamento ser bastante clara, o termo também é um campeão de buscas no Google.

Para votar em branco, basta apertar a tecla em que está escrito "BRANCO" (cuja cor é branca) e, na sequência, apertar a tecla "CONFIRMA" (cor verde).

Como justificar o voto?

Outra pesquisa comum no Google nos últimos 90 dias diz respeito a justificar o voto.

São duas as formas de justificar a ausência em uma eleição. A primeira é aplicada somente às pessoas que estão fora de seu município eleitoral, ou seja, em uma cidade diferente de onde votam.

Essas pessoas devem comparecer a qualquer local de votação ou posto de justificativa no dia da eleição e preencher um formulário.

A outra forma é obter, de forma gratuita, o formulário de justificativa eleitoral em cartórios eleitorais, postos de atendimento ao eleitor ou nos sites do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de cada estado.

Caso a justificativa não ocorra no dia da eleição, há um prazo de até 60 dias para o preenchimento do requerimento. A não-justificativa acarretará na cobrança de uma multa.

O que é voto útil?

Um termo que vem sendo bastante pesquisado é "voto útil". Afinal de contas, o que é o tal voto útil?

O voto útil ganhou ainda mais força no atual cenário da política brasileira, que vive um clima de polarização entre os 2 candidatos apontados como líderes nas pesquisas eleitorais.

O voto útil, portanto, acontece quando um eleitor deixa de votar no candidato de sua preferência – mas que teoricamente não tem chances de vencer ou avançar ao segundo turno – para impedir a vitória daquele de que menos gosta.