POLÍTICA
28/09/2018 21:26 -03 | Atualizado 28/09/2018 21:45 -03

Jair Bolsonaro e Fernando Haddad são os mais rejeitados com 46% e 32%, diz Datafolha

Líderes de intenção de votos também são os mais rejeitados.

Reuters Photographer / Reuters

Líderes nas pesquisas de intenção de voto, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) também são os mais rejeitados. A diferença, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (28), é que a rejeição entre os dois cresceu, mas Bolsonaro que está na frente entre o eleitorado ficou estagnado em intenção de votos.

O candidato do PSL que ficou estacionado nos 28% de intenção de voto viu sua rejeição crescer de 43% para 46% entre essa sondagem e a anterior, divulgada no dia 20. Já Haddad também viu sua rejeição subir 3 pontos percentuais, foi de 29% para 32%. O petista, porém, cresceu 6 pontos percentuais em intenções de voto, foi de 16% para 22%.

A seguir o cenário de rejeição de cada candidato segundo a aferição desta sexta comparado à sondagem anterior:

Jair Bolsonaro (PSL): 46% (+3)

Fernando Haddad (PT): 32% (+3)

Marina Silva (Rede) - 28% (-4)

Geraldo Alckmin (PSDB) - 24% (=)

Ciro Gomes (PDT) - 21% (-1)

Vera Lúcia (PSTU) - 18% (-1%)

Cabo Daciolo (Patriota) - 17% (-2)

Guilherme Boulos (PSol) - 17% (-1)

Eymael (DC) - 17% (=)

Henrique Meirelles (MDB) - 16% (-1)

Alvaro Dias (Podemos) - 15% (=)

João Goulart Filho (PPL) - 14% (-1)

João Amoêdo (Novo) - 14% (-1)

Rejeita todos/não votaria em nenhum - 4% (=)

Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum - 2% (=)

Não sabe - 4% (-1)

O Datafolha ouviu 9 mil eleitores em 343 cidades de quarta-feira (26) a esta sexta-feira (28). O nível de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erro é de 2 pontos, para mais ou para menos.

No caso da rejeição, os entrevistados podem responder mais de um nome; com isso a conta não fecha em 100%.