COMIDA
26/09/2018 11:42 -03 | Atualizado 26/09/2018 11:42 -03

8 temperos naturais que ajudam a reduzir o sal na alimentação

Além de dar mais sabor à comida, você consome menos sódio e, de quebra, ingere mais nutrientes.

Getty Images/iStockphoto
É possível reduzir o sal no dia a dia, substituindo-o ou misturando com temperos naturais.

O brasileiro consome o triplo de sal recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Enquanto uma pessoa deveria consumir apenas 5 gramas por dia, nós ingerimos, em média, 15 gramas de sal diariamente.

Além do hábito de salgar além da conta a comida caseira, o brasileiro costuma consumir muitos alimentos industrializados, que muitas vezes, são verdadeiras bombas de sódio, como explicamos nesta matéria aqui.

O resultado disso é uma epidemia de hipertensão, doença crônica relacionada a problemas cardiovasculares. Além disso, o excesso de sal na alimentação pode causar derrame cerebral e insuficiência renal.

Mas é possível reduzir o sal no dia a dia, substituindo-o ou misturando com temperos naturais. O Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL), na Campanha Siga seu Coração, elencou alguns temperos que ajudam a driblar a falta do sal -- além de trazer mais sabor e nutrientes ao seu prato. Veja abaixo as opções:

fcafotodigital via Getty Images

Alho

Além de combinar com quase todas as receitas, o alho é anti-inflamatório, ajuda a remover a grodura da alimentação e ainda ajuda a prevenir a arteosclerose e baixar a pressão arterial.

Cebola

Outro alimento super versátil e saudável. Ela ajuda a limpar secreções respiratórias, melhora dores das articulações, é conhecida como um antidepressivo natural e um poderoso antioxidante. Cebola crua em excesso, porém, pode agredir o estômago.

Limão

Umas gotinhas de limão é o toque final de uma salada ou uma carne bem temperada. Além disso, o limão é rico em vitamina C e tem propriedade anti-infecciosa.

Tomilho

Além de dar um toque especial na preparação da comida, a erva é antisséptica, reduz colesterol, combate o envelhecimento das células e ajuda na prevenção de problemas respiratórios.

Manjericão

A erva auxilia no tratamento de cataratas e diabetes, além de ser um ótimo antiviral. As folhas secas podem ser usadas na preparação de alimentos e as folhas frescas em peixes e risotos.

Salsa

Além de ajudar na digestão e na tireóide, a erva é um santo remédio para retenção de líquidos e até para combater a celulite. Ela pode ser usada in natura, em pastas ou em chás, e secas, como tempero.

Alho poró

Vegetal com alto teor de fibras, vitaminas e minerais. Contribui para o bom funcionamento do instestino, previne câimbras e estimula a calcificação óssea. Por ter um sabor suave em relação a salsa, cebola e cebolinha, cai bem em quase todas as preparações culinárias.

Sal verde

O sal iodado, temperado com ervas e especiarias, é natural e tem diversos nutrientes. É uma boa maneira de salgar alimentos sem exagerar no sódio.